Etapa do Rio de Janeiro coloca Tijuca Tênis Clube em outro patamar

Fechando a Superliga C, o Rio de Janeiro recebeu o Grupo 5 de 4 a 8 de novembro, consagrando o tradicional Tijuca Tênis Clube/Zinzane como campeão. Contando com nomes conhecidos do voleibol nacional, como o levantador Everaldo, o time carioca venceu os quatro jogos que disputou, inclusive contra o Fera/Campos por 3 sets a 0, parciais de 25/13, 25/15 e 25/21, em seu ginásio.

“Tivemos o desafio de ter um período curto para preparar a equipe, mas a direção do clube fez um ótimo trabalho. A gestão do projeto foi muito bem feita e conseguimos montar um grupo forte para a competição. A química foi muito boa e em poucas semanas conseguimos desenvolver um trabalho que levaria meses. O rendimento foi excepcional, fizemos um torneio praticamente perfeito, perdendo apenas um set. Agora temos que buscar forças para levar esse projeto, que é muito promissor e importante para voleibol brasileiro, ainda mais longe,” disse o técnico Gilberto Bello.

Fase classificatória:

Cinco equipes entraram na disputa, sendo três cariocas e duas mineiras, com quem somasse o maior número de pontos garantiria o título e a vaga na Superliga B. Enquanto as equipes mineiras (Prefeitura de Juatuba e Acesita E.C.) acabaram perdendo seus jogos para os cariocas, o que se viu foi muito equilíbrio entre Tijuca T.C./Zinzane, Fera/Campos e Niterói VC.

Final:

O Fera/Campos, que contava com o oposto Rivaldo, acabou perdendo para o Niterói VC. Entretanto, vale lembrar que o levantador Marlon se contundiu e teve participação limitada no torneio. Já o Tijuca T.C./Zinzane montou um time com jogadores acostumados com a Superliga, como os ponteiros Vini e Ricardo Júnior.

foto: Divulgação

Comentários