(Paulista) Após dez anos nas quadras, Vôlei Renata conquista título inédito

Foram necessários dez anos para o projeto de vôlei realizado na cidade de Campinas conquistasse seu primeiro título de expressão. Com uma estrutura sólida e modelo de gestão inovador, o Vôlei Renata levantou a taça de campeão paulista 2020 após vencer a segunda partida da decisão contra o EMS Taubaté/Funvic, no ginásio do Abaeté, no último dia 16. Infelizmente, devido a pandemia e questões pessoais, não pude analisar a sequência da competição até o seu término, o que faço a seguir.

Fase classificatória:

Foram dez jogos realizados nesta etapa entre as cinco equipes participantes. Destaque para o EMS Taubaté/Funvic que venceu todas as quatro partidas que realizou, sem perder nenhum set. Ainda se classificaram para as semifinais o Vôlei Renata, o Vôlei UM Itapetininga e o Vedacit Vôlei Guarulhos. Quem acabou de fora foi o Sesi-SP, que somou apenas um ponto na competição.

Semifinais:

Embalado pela boa campanha, o EMS Taubaté/Funvic não deu chances ao Vedacit Vôlei Guarulhos e ganhou a série por 2 a 0, sem perder nenhum set. O Vôlei Renata também mostrou sua força e aplicou dois 3 sets a 0 sobre o Vôlei UM Itapetininga. Lembrando que os confrontos ocorreram nas casas dos times de melhor campanha, no caso o Abaeté, e o Taquaral, respectivamente.

1º jogo da final:

Foi uma partida de tirar o fôlego, com direito a virada no tie-break e vitória do Vôlei Renata. Com mais de três horas de duração, o time de Campinas bateu o EMS Taubaté/Funvic por 3 sets a 2, parciais de 26/24; 22/25; 19/25; 25/20 e 23/21, no ginásio do Taquaral. O oposto Leandro Vissotto foi o maior pontuador da partida com 31 acertos, além de ter tido 70% de aproveitamento no ataque.

“Vitória com emoção enorme. Com raça, com a cara do nosso time.  Agora é curtir o resultado, o que fizemos dentro de casa e saber que ainda não tem nada ganho. É trabalhar ainda mais nesses dois dias. Temos mais uma batalha pela frente, jogar ponto a ponto. Estou muito orgulhoso do meu time”, comentou o oposto Vissotto.

2º jogo da final:

No ginásio Abaeté, o Vôlei Renata não se intimidou e após perder o primeiro set virou o duelo e faturou o título do Campeonato Paulista ao fazer 3 sets a 1, parciais de 23/25; 25/21; 25/18 e 25/17,  sobre o EMS Taubaté/Funvic. O ponteiro Gabriel Vaccari foi o maior pontuador da equipe de Campinas com 23 acertos.

“Nós queríamos ganhar, não era só jogar outra final. Jogamos contra um time muito qualificado, uma comissão técnica que trabalha muito bem, mas cumprimos nosso objetivo. Hoje e terça o time jogou muito bem, com uma ideia clara do que nós queríamos e podíamos jogar. É um dia especial. Fizemos algo mais importante que ganhar o Paulista. Temos uma ideia de trabalho, de como o time joga. Isso pra mim é o mais importante”, comenta o técnico Horácio Dileo.

foto: Pedro Teixeira/Vôlei Renata

Comentários