Vedacit Vôlei Guarulhos: Chegadas, permanências, saídas e expectativa

Após garantir vaga através da Superliga B, o Vedacit Vôlei Guarulhos chega a elite nacional querendo se manter nela e, quem sabe, sonhar com uma vaga nos playoffs. Para isso, o gestor esportivo da equipe, Anderson Marsili, tratou primeiro de confirmar a manutenção do patrocinador máster, que garantiu um orçamento enxuto para a temporada 2020/2021. Com isso foram nove renovações e seis contratações, além da chegada do técnico Guilherme Novaes, ex-auxiliar do Minas Tênis Clube.

Levantadores:

Sandro (renovação) – Capitão e grande líder da equipe, o levantador de 39 anos caiu como uma luva na proposta do projeto. Com sua experiência tem condições de dar oportunidades aos jovens atacantes do time, além de ser um ‘chamariz’ devido ao seu estilo de jogo para atrair bons jogadores já conhecidos do torcedor em geral.

Henrique Adami (contratação) – Aos 23 anos, o levantador de boa altura para a posição - 1,92m – tem passagens pela base do Sada/Cruzeiro, jogou no Lavras Vôlei emprestado pelo time celeste, e estava no São José Vôlei disputando a Superliga B.

Mathaus (renovação) – Com 20 anos e 1,94m de altura, o jogador é tratado com uma revelação do próprio Vedacit Vôlei Guarulhos e uma temporada com a equipe na elite nacional pode ser um ‘grande salto’ na carreira.

Opostos:

Rodrigo Teles (contratação) – Mais conhecido como Alemão, o oposto de 30 anos chega ao Vedacit Vôlei Guarulhos para ser a referência no ataque. O jogador de 2,01m de altura tem passagens por EMS Funvic/Taubaté, São José Vôlei, Lebes/Gedore/Canoas, Sada/Cruzeiro, São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão e estava no Denk Maringá.

Ponteiros:

Thiago Alves (renovação) – Contratado no ano passado com um dos grandes nomes do projeto, o ponteiro de 34 anos não tem mais a explosão que tinha que o levaram a Seleção Brasileira. Entretanto, sua contribuição aparece bastante, tanto no passe quanto na experiência em um grupo de atletas tão jovens.

Felipi Rammé (contratação) – Com 2,02m de altura, o ponteiro de 23 anos foi um dos destaques do América Vôlei na Superliga passada. Rammé tem passagens por Sada/Cruzeiro e Sesc-RJ.  

Deivid (renovação) - O ponteiro de 1,98m de altura chegou no ano passado para a disputa da Superliga C e B. Tendo atuado em vários clubes do Brasil, além de Líbano e Grécia, o jogador de 32 anos é um dos mais experientes da equipe.

Pantaleão (renovação) – Aos 22 anos, Luiz Felipe Pantaleão é mais um jogador que vale ficar de olho. Com 1,94m de altura, ele deve ganhar mais oportunidades com a presença do clube na elite nacional.

Centrais:

Tiago Barth (contratação) – O central chega como a principal contratação da equipe paulista para a temporada 2020/2021. Com passagens por Minas, Sesi-SP, Canoas e voleibol argentino, o jogador de 32 anos e 2,09m de altura foi titular do Sesc-RJ nas ultimas duas temporadas.

Pedrão (contratação) – Aos 26 anos, o central de 2,04m de altura carioca apareceu para o voleibol no Sada/Cruzeiro e tem passagens pelo voleibol argentino e grego. Recentemente jogou no Caramuru Vôlei e no América Vôlei, onde estava na temporada passada.

Gustavo Mendes (renovação) – Mais conhecido como Polegar, o central de 21 anos chegou na temporada passada e mostrou bom potencial. Com 2,06m de altura terá mais oportunidades com a ida da equipe para a elite nacional e ainda mais com a presença de dois jogadores bem conhecidos da posição no elenco.

Geovane (renovação) – Oriundo da Associação Vôlei Joinville/Avojoi, o jovem de 20 anos e 2,10m de altura foi contratado para a Superliga B, após fazer bons jogos pelo time catarinense na Superliga C.

Líberos:

Alexandre Elias (contratação) – Com base no vôlei de praia, o líbero de 23 anos jogou nas categorias inferiores de Fluminense e Botafogo antes de ir para o Minas Tênis Clube. Na sequência voltou ao Rio de Janeiro para defender o Sesc-RJ, porém agora deve ganhar mais espaço, sendo que um diferencial é sua altura: 1,90m.

Vanderson (renovação) – Aos 25 anos, o líbero que iniciou na base do Sada/Cruzeiro e esteve em várias conquistas do time mineiro. Vem para sua segunda temporada no clube paulista e promete fazer uma ‘briga’ boa com Alexandre Elias pela posição.

SAÍDAS:

Bruno Godoy (ponteiro/Hoorsun Ramsar Sports Club, do Irã); Gregore Baiano (oposto/Anagennisi Deryneias, do Chipre), Silvio Satiro (central/futuro indefinido) e Victor Hugo (central/Sporting, de Portugal)

foto: Vedacit Vôlei Guarulhos/Divulgação

Comentários