Minas Tênis Clube: Chegadas, permanências, saídas e expectativa

Um dos clubes mais tradicionais do Brasil, o Minas Tênis Clube vem para a temporada 2020/2021 querendo voltar ao G-4 e, quem sabe buscar algo mais. Grande formador de atletas, o time mineiro segue com o técnico Nery Tambeiro, um especialista em atletas jovens, e com forte apoio dos patrocinadores vem anunciando reforços de peso, como o levantador William ‘El Mago’ Arjona. O elenco ainda não está fechado e nomes fortes são especulados.

Levantadores:

William (contratação) – Além de campeão olímpico, El Mago tem inúmeras conquistas em clubes, principalmente Bolívar, da Argentina, e Sada/Cruzeiro. Após três temporadas no Sesi-SP, ele chega com grande moral ao Minas Tênis Clube, não só pela sua experiência e currículo, mas por ser ainda um dos melhores levantadores da atualidade.

Gustavo Orlando (alçado ao profissional) – Com apenas 18 anos e com passagens pelas seleções brasileiras de base, o levantador deve ganhar mais experiência nesta temporada, ainda mais com a saída de Bernardo Westermann, que foi para o Azulim/Gabarito/Uberlândia.

Opostos:

 Indefinido - n/a

Ponteiros:

Honorato (renovação) – Aos 23 anos, Henrique Honorato vinha fazendo uma das melhores temporadas, até aqui, da sua carreira. Medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, o jovem ponteiro ganhou a confiança do técnico Nery Tambeiro e garantiu a vaga de titular do Minas Tênis Clube, na frente do experiente argentino Lucas Ocampo.

Lazo (renovação) – Com a formação no tradicional time argentino da UPCN, Nicolas Lazo chegou na temporada passada ao Minas Tênis Clube e demorou um pouco para se adaptar. Entretanto, logo que começou a entrar mais nas partidas, acabou ganhando mais destaque e mostrando que tinha potencial para ajudar o time. Hoje aos 25 anos será importante neste novo momento do clube.

Jonatas (contratação) – Com 27 anos e experiência de ter atuado na França e na Grécia, o ponteiro de 1,93m de altura tem como característica o forte ataque. Recentemente passou pelo América Vôlei, mas seu último clube foi o Al Arabi Club, do Kuwait. Será de grande valia na qualificação do elenco.

Centrais:

Gustavão (contratação) – Com 2,15m de altura, o central de 34 anos, que estava no Sesc-RJ, chega com um aval de ser eleito quatro vezes o melhor bloqueio da Superliga. Além disso, já vestiu a camisa da Seleção Brasileira e tem trajetória vitoriosa por outros clubes em que passou, como Sesi-SP, Medley/Campinas e UPCN, da Argentina.

Matheus Pinta (renovação) – Um dos jogadores que mais evoluiu no time na temporada passada, o central de 24 anos e 2,09m de altura encerrou a última edição da Superliga como melhor bloqueador, segundo a estatística da Confederação Brasileira de Voleibol. Ao lado de Gustavão tem tudo pra crescer e, até mesmo, ganhar chances com Renan Dal Zotto e a camisa verde e amarela.

Juninho (renovação) – Com 20 anos, também vindo do juvenil do clube, e com passagens pelas seleções brasileiras de base, o central deve ganhar mais chances com Nery Tambeiro, ainda mais sendo hoje o terceiro nome da posição no elenco do Minas Tênis Clube.

Kelvi (alçado ao profissional) – Aos 19 anos é mais um dos jovens promovidos por Nery Tambeiro para ganhar experiência e ganhar oportunidades pontuais em sua primeira temporada na Superliga.

Líberos:

Maique (renovação) - O líbero, que está em sua quinta temporada pelo clube mineiro, começou a sua trajetória ainda na base e hoje é referência para os mais jovens e para a garotada da escolinha de vôlei. Atualmente briga diretamente com Thales, do EMS Taubaté/Funvic pela vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

SAÍDAS:

Rodrigo Ribeiro (levantador/Dinamo București, da Romênia), Davy (oposto/ Berlin Recycling Volleys, da Alemanha); Felipe Roque (oposto/EMS Taubaté Funvic), Lucas Ocampo (ponteiro/Al-Taraji, da Arábia Saudita); Bernardo Westermann (levantador/Azulim/Gabarito/Uberlândia).

foto: Minas Tênis Clube/Divulgação

Comentários