(Superliga) Pacaembu/Ribeirão Preto bate Maringá Vôlei e segue na briga pelo G-8

Fechando a 8ª rodada do returno da Superliga 2019/2020, o Pacaembu/Ribeirão Preto superou o Denk Maringá Vôlei por 3 a 1, parciais de 25/23, 16/25, 25/23 e 25/19, no ginásio Chico Neto. Com o resultado, o time paulista chegou aos 19 pontos e alcançou a 9ª colocação, ficando apenas três pontos do G-8, enquanto a equipe paranaense parou nos 18 pontos e caiu para a 10ª posição na tabela.
 
A partida começou bem equilibrada, com as duas equipes trocando pontos, mas nos momentos decisivos o Pacaembu/Ribeirão Preto levou a melhor no primeiro set: 25 a 23. O Denk Maringá Vôlei, apesar das dificuldades em relação ao banco de reservas (o técnico Alessandro Fadul só contava com dois atletas) acabou se superando e venceu o segundo set por 16 a 25. Entretanto, os visitantes se reencontraram em quadra e com boa atuação do oposto Willian Kerber acabou vencendo as parciais seguintes por 25 a 23 e 25 a 19, respectivamente.

“Estávamos em uma fase difícil depois de perder para o time de Itapetininga e hoje era muito importante ganhar para estar vivo no playoff. Por isso, a vitória foi muito boa. Esse jogo serve como um divisor de águas para o nosso time. As duas equipes estavam brigando para ficar entre os oito e sabíamos que não seria fácil, como não foi. Foi tenso, mas nosso time acabou sendo mais frio e conseguiu a vitória”, opinou o oposto Willian Kerber Kerber. 

“Ganhamos três pontos que foram importantes, mas temos que ressaltar a situação do time de Maringá. Parabenizo a nossa equipe e a deles também, pois sabemos que jogar em uma situação como essa é muito complicada. Temos que tomar isso como exemplo”, afirmou o líbero Serginho. 

Na próxima quarta-feira, às 19h30min, o Pacaembu/Ribeirão Preto enfrenta o Vôlei Renata, na Cava do Bosque. Já o Denk Maringá Vôlei joga no sábado, às 18h30min, contra o Vôlei UM Itapetininga, no ginásio Chico Neto. 

Equipes:

Denk Maringá Vôlei: Everaldo, Bertolini, Rômulo, Matheus, Gabriel, Alê e Daniel Rossi (líbero)
entraram: Ricardinho e Raphael Marcarini
técnico: Alessandro Fadul

Pacaembu/Ribeirão Preto: Pedro Telles, Kerber, Victor Baesso, Yago, Judson, Wennder e Serginho (líbero)
entraram: Caio Oliveira, Diego, Gabriel França, Biella e Luisinho
técnico: Marcos Pacheco

foto: Fernando Teramatsu/Resenha Comunicacão

Comentários