(Superliga) Fora de casa, Fiat/Minas supera Ponta Grossa Vôlei no tie-break


Na abertura da 9ª rodada do returno da Superliga 2019/2020, o Fiat/Minas derrotou o Ponta Grossa Vôlei por 3 sets a 2, parciais de 20/25, 25/19, 28/30, 25/20 e 15/9, na Arena Multiuso. Com o resultado, o time de Belo Horizonte manteve o 6º lugar, agora com 31 pontos, enquanto a equipe paranaense segue na lanterna, com nove pontos, já rebaixada matematicamente. 

A partida iniciou com o Ponta Grossa Vôlei mais solto em quadra e com os jovens atletas soltando o braço, chegando a abrir 16 a 11. O Fiat/Minas reagiu no final do primeiro set: 22 a 19, mas os paranaenses seguraram a pressão e venceram por 25 a 20. No segundo set, os visitantes se encontraram em quadra e com bom trabalho de distribuição do levantador Bernardo abriu 8 a 12. Com certa tranquilidade, o time mineiro foi abrindo até fechar em 19 a 25. 

Com 1 a 1 em sets era de se esperar uma terceira parcial bem equilibrada e mesmo com o Fiat/Minas abrindo três pontos no inicio: 3 a 6, e mantendo isso durante quase todo o período: 18 a 21, o que se viu foi uma reação sensacional dos paranaenses. Após estar atrás em 20 a 24, o Ponta Grossa Vôlei foi incrível no bloqueio e na defesa, fazendo 30 a 28, após ataque de Eric. O quarto set foi bastante disputado e só no final da parcial, que o Fiat/Minas conseguiu abrir vantagem de cinco pontos: 15 a 20 e, desta vez, não vacilou para fechar em 20 a 25. 

O tie-break começou com o Fiat/Minas muito bem no saque e bloqueio, abrindo logo 1 a 3. Com Bernardo Westermann fazendo um bom jogo, tanto que foi eleito o melhor em quadra, os visitantes mantiveram a vantagem: 5 a 8. O Ponta Grossa Vôlei não tinha uma boa sequência no saque, o que fazia os visitantes irem segurando a diferença no placar. No final, vitória mineira por 9 a 15. 

No próximo sábado, às 16h, o Fiat/Minas recebe o Pacaembu/Ribeirão Preto, na Arena JK. Já o Ponta Grossa Vôlei joga no mesmo dia, às 18h, contra o Sesc-RJ, novamente na Arena Multiuso. 

“Primeiro o Ponta Grossa Vôlei tem seus méritos. Nossa virada de bola não estava boa e acabamos trocando o levantador e evoluímos. No terceiro set erramos demais na hora de definir e o cansaço vem atrapalhando. Agora estamos trabalhando e nos apoiando para crescer no que estamos melhorando”, disse o treinador Nery Tambeiro. 

“Estou feliz de ter ajudado a minha equipe, estamos crescendo ao longo do campeonato. Venho me preparando para inversão ou quando tiver que entrar”, disse o levantador Bernardo Westermann, que conquistou seu primeiro Viva Vôlei. 

“Perder não é bom, ainda mais nós que estamos perdendo muito. A consistência foi bacana, sabemos do tamanho do nosso projeto em relação aos outros. Agora sempre tem aquele gostinho de quero mais. Vamos trabalhar e acreditar porque precisamos pontuar já que existe a possibilidade de brigar pela 11ª posição e se manter na elite”, declarou o treinador Fábio Sampaio 

Equipes:

Ponta Grossa Vôlei: Cesinha, Eric, Vinicius Cardozo, Peron, Dutra, Mikael e Mendel (líbero)
entraram: Coxinha, Walla, Léo e Marquinho
técnico: Fábio Sampaio

Fiat/Minas: Rodrigo, Davy, Deivid, Matheus Bispo, Lazo, Honorato e Maique (líbero)
entraram: Bernardo Westermann, Matheus Alejandro, Lucas OCampo e Felipe Roque
técnico: Nery Tambeiro

foto: Ponta Grossa Vôlei/Divulgação

Comentários