(Superliga B) Por manutenção do 2º lugar, Anápolis Vôlei encara Apav Vôlei

Pela 7ª e última rodada da fase classificatória da Superliga B, o Anápolis Vôlei recebe a Apav Vôlei, neste sábado, às 17h, no ginásio Newton de Faria. Na vice-liderança, com 11 pontos, o time de Goiás só pensa em vencer para confirmar essa posição, já que não tem mais chances de ter a melhor campanha. Já a equipe gaúcha, hoje no 6º lugar, com sete pontos, ainda tem possibilidade de chegar a 4ª posição da tabela. 

Após a importante vitória sobre o líder Vedacit Vôlei Guarulhos, que quebrou a invencibilidade do time paulista, o Anápolis Vôlei chega embalado para esse confronto em casa. Ameaçado pelo Uberlãndia/Gabarito/Start Química, que tem a mesma pontuação, mas perde nos critérios de desempate, o objetivo é contar com o torcedor para somar mais três pontos. 

Pelo lado da Apav Vôlei, a campanha de apenas uma vitória e cinco derrotas incomoda, porém o time não vem fazendo jogos ruins, tanto que levou muitas partidas para o tie-break e a falta de experiência acabou fazendo a diferença. Além disso, o time gaúcho segue sem o oposto Renan, que foi contratado junto ao Botafogo e ainda não estreou, além do líbero Palotti, que está lesionado. 

“Ainda esperamos a definição se o Thiago (ponteiro) poderá saltar ou se continuará como líbero, como foi no último fim de semana. Ele viajou e fará um teste (...) Tivemos um percentual maior de ataque maior em relação a eles. Ainda nos falta nos momentos decisivos melhorar a qualidade do nosso passe. Enfatizamos bastante isso nos treinos da semana, além do nosso saque”, explicou o técnico Marcelinho Ramos, ao revelar números em relação a partida anterior contra o Uberlândia. 

“Será mais uma pedreira. Vamos enfrentar uma das favoritas para a conquista da vaga para a Superliga A e, de certa forma, podemos jogar tranquilos e tentar fazer nosso melhor jogo. Vamos buscar algum pontinho visando uma boa classificação para os playoffs. Pode ser o próprio Anápolis. Então já serve como preparação”, observou Gustavo Endres, auxiliar técnico e gestor esportivo da equipe. 

foto: Anápolis Vôlei/Divulgação

Comentários