(Superliga) Vôlei UM Itapetininga recebe o Sesi-SP querendo voltar ao G-8

Nesta quarta-feira, às 19h, o Vôlei UM Itapetininga recebe o Sesi-SP, no ginásio Ayrton Senna, pela 4ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. O time treinado por Peu Uehera aparece na 9ª colocação, com 13 pontos, três atrás da zona de classificação para os playoffs. Já o clube paulistano está na 3ª colocação, com 30 pontos, sendo 11 vitórias e apenas dois resultados negativos. O duelo terá transmissão do SporTV. 

No Vôlei UM Itapetininga, o técnico Peu Uehara espera continuar vendo o crescimento do seu time, como aconteceu na última partida, onde fez um jogo duro contra o líder Sada/Cruzeiro, tendo conquistado um set e, por muito pouco, não conquistou pontos. A boa notícia é a recuperação do oposto Gabriel, que anotou nove pontos no confronto realizado em Contagem. 

“Sabemos o quanto é difícil enfrentar equipes do primeiro escalão, mais qualificadas e montadas para brigar por títulos como o Sesi-SP, que fez a final da Copa Brasil e conquistou agora a Libertadores, mas sabemos também que talvez a grande qualidade da nossa equipe seja a disciplina e temos que manter isso. Estamos estudando desde ontem, nos preparando para poder fazer bons trabalhos de marcação de bloqueio e defesa para diminuir ao máximo a qualidade dos atacantes do Sesi-SP. É importante sacar bem para poder tirar a bola da mão do William e facilitar um pouco o nosso trabalho. Com certeza vai ser um jogo muito difícil, mas diante da nossa torcida sempre tem um algo a mais que nos ajuda”, afirmou o técnico Peu Uehara. 

Do lado do Sesi-SP, o técnico Rubinho também espera manter o bom ritmo do grupo que comanda. O time acabou de ser campeão da Copa Libertadores vencendo na decisão o forte Bolívar Volley, em Buenos Aires. De volta a Superliga, a intenção é buscar os pontos necessários para chegar na reta final da fase classificatória brigando pela melhor campanha. 

“Sem dúvidas que o título da Libertadores nos dá um ânimo ainda maior e nos coloca em outro nível de competitividade, mas a Superliga é outra competição e nosso foco já está direcionado para este momento. O time de Itapetininga deu trabalho ao Sada na rodada passada e sabemos da qualidade dos jovens atletas que estão lá. Estamos treinando forte para chegar bem preparados e fazer uma boa partida na casa deles, onde sabemos que eles ganham uma força a mais”, disse o técnico Rubinho. 

Equipes:

Vôlei UM Itapetininga: Matheus Winck, Gabriel Candido, João Franck, Willian, Thales, Johan e Gian (líbero)
técnico: Peu Uehara

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Barreto, Lucas Loh, Victor Birigui e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

foto: Orlando Bento/MTC & Amanda Demetrio/Sesi-SP

Comentários