(Superliga) Sada/Cruzeiro joga muito e derrota Vôlei Renata no Taquaral

Mesmo jogando no ginásio do Taquaral, o Sada/Cruzeiro impôs seu jogo e derrotou o Vôlei Renata por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 21/25, 25/20 e 22/25, pela 5ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. O saque foi o diferencial a favor da equipe mineira, que teve como destaque o ponteiro canadense Perrin, que foi bem tanto no ataque quanto na recepção. Com o resultado, os comandados de Marcelo Mendez chegaram aos 44 pontos e seguem na liderança, enquanto o time de Campinas parou nos 26 pontos e continua na 5ª posição.

Com bloqueio de Michel, o Vôlei Renata começou ditando o ritmo do primeiro set e abriu vantagem (4 a 1). Os campineiros usaram o saque tático para seguir comandando o placar e dificultando as combinações adversárias. Após erro do Sada Cruzeiro, os donos do Taquaral aumentaram a diferença e obrigaram pedido de tempo (13 a 8). Em meio as tentativas de reação da equipe mineira, o bloqueio do Vôlei Renata apareceu bem com Canuto (19 a 17). Na reta final, o saque visitante complicou a virada de bola dos donos da casa e os cruzeirenses conseguiram fechar: 25 a 22.

Mesmo empurrado pela torcida, o Vôlei Renata não conseguiu manter o ritmo do primeiro set. Os cruzeirenses impuseram um ritmo forte e abriram vantagem. No final da parcial, os campineiros acordaram e diminuíram a diferença com bloqueios de Michel e Luizinho. O Sada/Cruzeiro, no entanto, se segurou e fechou por 25 a 21.

Embalado pelo bom momento na parcial anterior, o Vôlei Renata comandou o terceiro set desde o início, especialmente após dois bloqueios seguidos de Canuto e Luizinho (9 a 7). Concentrando e com saque forte, os campineiros seguiram forçando o adversário ao erro (19 a 16). Em ataque pelo meio com Luizinho, o time da casa marcou 25 a 20.

Mesmo com os ânimos acirrados, o Vôlei Renata se manteve no jogo no quarto set e quebrou o equilíbrio do quarto set em ataque pelo meio-fundo com Vaccari (16 a 15). Com o Taquaral em pé, vibrando a cada ponto, os campineiros seguiram firmes. O Sada/Cruzeiro, no entanto, mostrou sua força na virada de bola e fechou a parcial, por 25 a 22.

“Sabíamos que o jogo ia ser desse jeito, difícil. Eles têm um bom time, lutaram até o final, no segundo set mesmo com boa vantagem, eles conseguiram seguir lutando. Nós não fizemos o nosso melhor jogo, mas deu certo. Nos momentos difíceis continuamos com paciência. O mais importante é ganhar e nós ganhamos”, comentou o ponteiro Facundo Conte.

Agora o Sada/Cruzeiro dá uma pausa na Superliga e concentra toda a sua atenção no Campeonato Sul-Americano de Clubes, torneio que os mineiros sediam a partir de terça-feira, no ginásio de Contagem. A estreia será contra o Juan Ferreira, do Uruguai, na terça, às 20h. Já o Vôlei Renata só volta a quadra no próximo sábado, às 18h, diante do Sesi-SP, no ginásio Taquaral.

Equipes:

Vôlei Renata: Demian Gonzalez, Renan, Vaccari, Bruno Canuto, Michel, Robinho e Bello (líbero)
entraram: Paolinetti, Luis Fernando e Angellus
técnico: Horacio Dileo

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Luan, Perrin, Facundo Conte, Otávio, Isac e Lukinha (líbero)
entraram: Rodriguinho Leme e Evandro
técnico: Marcelo Mendez

foto: Marcos Riboli/Vôlei Renata

Comentários