(Superliga) Em plena Arena JK, Apan/Blumenau aplica 3 a 0 no Fiat/Minas

Pela 4ª rodada do returno da Superliga 2019/2020, a Apan/Blumenau não se intimidou e derrotou o Fiat/Minas por 3 sets a 0, parciais de 17/25, 22/25 e 25/27, na Arena JK. Desde o primeiro momento, os visitantes foram para cima e com grande atuação do oposto Franco, principalmente no segundo set, os catarinenses levaram a melhorar. Com o resultado, o time comandado por André Donegá chegou aos 19 pontos e assumiu a 7ª colocação, enquanto os mineiros pararam nos 21 pontos e seguem no 6º lugar.

O Fiat/Minas saiu na frente no início da partida. Com o sistema defensivo funcionando, a equipe teve um bom volume de jogo e liderou o placar nos instantes iniciais. Mas, do outro lado, o Apan Blumenau buscou a reação. O time visitante impôs o seu ritmo e contou com erros do Fiat/Minas para vencer a parcial por 25 a 17.

O segundo set também começou com o time da casa em vantagem. Aproveitando bem as jogadas ofensivas, o Fiat/Minas liderou boa parte do set e chegou a abrir 16 a 13. Mas, novamente, o time catarinense reagiu e virou o placar. O bloqueio foi o diferencial do Apan Blumenau na reta final da parcial e segurou o ataque minastenista. No fim, mais uma vitória dos visitantes, dessa vez por 25 a 22.

A equipe catarinense voltou com o mesmo ritmo e saiu na frente no terceiro set. O ponteiro Daniel e o oposto Franco foram decisivos no ataque, e o Apan Blumenau chegou a abrir 13 a 8 no placar. Precisando virar o jogo, o técnico Nery Tambeiro promoveu as entradas do líbero Felipe e do jovem oposto Lucas, e a equipe cresceu em quadra. Na reta final, com dois aces em sequência de Lucas, o Fiat/Minas empatou o set em 23 a 23. A partida ficou bem disputada nos instantes finais, e o Apan Blumenau soube aproveitar as suas chances para fazer 27 a 25.

“Foi um jogo difícil para a nossa equipe e não conseguimos desempenhar o nosso papel. O que temos feito nos treinamentos nós não conseguimos fazer em quadra hoje. Tentamos uma superação na reta final do terceiro set, com força de vontade e garra, mas o jogo em si não foi muito bom para a nossa equipe. Temos que saber sair dessas situações, reverter e crescer como time para desempenhar um papel melhor”, afirmou o levantador Rodrigo Ribeiro.

No próximo sábado, às 20h, a Apan/Blumenau recebe o Pacaembu/Ribeirão Preto, no ginásio Galegão. Já o Fiat/Minas joga no domingo, às 20h, contra o Sesc-RJ, no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Equipes:

Fiat/Minas: Rodrigo Ribeiro, Davy, Honorato, Lazo, Matheus Bispo, Deivid e Maique (líbero)
entraram: Bernardo Westaermann, Lucas Figuiredo e Matheus Cunda
técnico: Nery Tambeiro

Apan/Blumenau: Evandro, Franco, Samuca, Babu, Ricardo Jr., Daniel Muniz e Filipinho (líbero)
entraram: Felipe Santos, Kelvin, Dayan e Jamelão
técnico: André Donegá

foto: Orlando Bento/MTC

Comentários