(Superliga) Dentro da Vila Leopoldina, Fiat/Minas aplica 3 sets a 0 no Sesi-SP

Jogando no ginásio da Vila Leopoldina, o Fiat/Minas teve mais uma atuação consistente e derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/22 e 25/20 pela 7ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Com o resultado, o time de Belo Horizonte chegou aos 27 pontos e segue na 6ª colocação, enquanto a equipe paulistana parou nos 36 pontos, continuando no 4º lugar da tabela. 

O Fiat/Minas fez uma boa partida no ginásio da Vila Leopoldina e dominou as ações do jogo. O time minastenista começou melhor e abriu vantagem ainda no início do primeiro set. Ao longo da parcial, o Sesi-SP tentou reagir e forçou o saque, mas sem sucesso. A equipe mineira, com destaque para o líbero Maique e o oposto Davy, foi eficiente no ataque e, com bom aproveitamento também no saque e no bloqueio, administrou a vantagem e venceu por 25 a 15. 

O segundo set foi mais equilibrado. As equipes se alternaram na liderança do placar, com altos e baixos dos dois lados. No fim, mais consistente na recepção, o Fiat/Minas trabalhou bem a virada de bola e conseguiu assumir a ponta, vencendo por 25 a 22. A equipe comandada pelo técnico Nery Tambeiro voltou para o terceiro set determinada a buscar a vitória. O jogo seguiu bem disputado, mas com o time visitante sempre à frente. O Sesi-SP não conseguiu segurar os ataques de Davy e Honorato e, assim, o Fiat/Minas venceu a parcial por 25 a 20. 

“Essa vitória é reflexo do nosso trabalho. Antes, tivemos duas derrotas em casa e conversamos, pois precisávamos fazer mais. Sabíamos que viria uma sequência difícil, mas conseguimos vencer o Sesc-RJ e agora o Sesi-SP, ambos fora de casa. Ainda tem mais pela frente, temos o jogo contra o Sada na próxima semana e temos que seguir trabalhando e acreditando. Vamos buscar a vitória sempre”, afirmou o líbero Maique. 

O Fiat/Minas volta a quadra na próxima quarta-feira, às 19h, quando enfrenta o Sada/Cruzeiro, na Arena JK, em Belo Horizonte. Já o Sesi-SP só retorna no dia 29, às 19h30min, quando encara o Sesc-RJ, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Barreto, Darlan, Victor Birigui e Murilo (líbero)
entraram: Sidão, Daniel, Carraro e Douglas Pureza
técnico: Rubinho

Fiat/Minas: Rodrigo Ribeiro, Davy, Honorato, Lazo, Matheus Bispo, Deivid e Maique (líbero)
entraram: Bernardo Westaermann, Lucas Figueiredo, Matheus Ajeandro e Marcus Coelho
técnico: Nery Tambeiro

foto: Letícia Munir/Sesi-SP

Comentários