(Superliga) Com várias reviravoltas, América Vôlei vence Apan/Blumenau

Em duelo, com várias reviravoltas, disputado no ginásio Galegão, o América Vôlei derrotou a Apan/Blumenau por 3 sets a 2, parciais de 25/17, 22/25, 25/16, 25/27 e 14/16, pela 7ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 10 pontos e permanece na 11ª posição, enquanto a equipe catarinense segue na 7ª posição, com 23 pontos ganhos. 

A partida foi cheia de reviravoltas e bastante disputada. No primeiro set, apesar do começo bem homogêneo, o time de Blumenau impôs seu ritmo e abriu grande vantagem a partir do 13º ponto. No final, o set terminou em 25 a 17. Já o segundo set, quem mostrou o cartão de visita foi o Coelho que apesar dos adversários saírem na frente, a boa atuação no saque do levantador Tiago Windmoller com seis pontos seguidos neste fundamento, tiram a diferença para os visitantes e o placar final do set foi de 22 a 25. 

Outro apagão do América no terceiro set e o Blumenau abriu com folga no placar. Destaque para os saques do ponta Daniel. Com o time do América perdido em quadra, os donos da casa fecharam a parcial em 25 a 16. O quarto set seria tudo ou nada para os visitantes. As duas equipes se revezavam no placar, sendo equilíbrio do princípio ao fim. Os norte-mineiros impuseram o ritmo e conseguiram levar o jogo para quinto e decisivo set ao fechar em 25 a 27. 

No tie-break, as duas equipes estavam dispostas a vencer o jogo. Blumenau e América Vôlei tiveram lancem emocionantes, com os mandantes abrindo a vantagem em três pontos e ainda viu os adversários perder um importante jogador. O oposto Rafael Bairros se lesionou e teve que ser substituído. Mas, a reação do Coelho Atômico veio em seguida e os visitantes venceram o quinto set em 14 a 16. 

“Soubemos reverter uma situação adversa. Começamos um primeiro set muito bem, mas tivemos uma queda de rendimento, erros excessivos, mas retomamos o controle da partida e saímos dessa situação adversa. Controlamos os pontos fracos dos nossos adversários e levamos para o tie-break quando de maneira honrosa saíssemos com a vitória. A equipe se portou muito bem e mostrou ser um conjunto forte. Agora é se preparar para o próximo jogo, também fora de casa”, disse o ponteiro Rammé. 

Com a pausa para o Carnaval, as duas equipes voltam a jogar no dia 29. O América Vôlei encara o Vôlei UM Itapetininga, às 19h, no ginásio Ayrton Senna, enquanto o A Apan/Blumenau enfrenta o Sada/Cruzeiro, às 17h, no ginásio do Riacho, em Contagem. 

Equipes:

Apan/Blumenau: Evandro, Franco, Ialisson, Babu, Ricardo Jr., Daniel Muniz e Filipinho (líbero)
entraram: Felipe Santos, Kelvin, Jameão e Dayan
técnico: André Donegá

América Vôlei: Rhendrick, Johansen, Pablo, Rammé, Lucas Fonseca, Renan e Lucas Bauer (líbero)
entraram: Tiago Windmoller, Gabriel, Rafael Bairros e Eduardo Pereira
técnico: Henrique Furtado

foto: Raphael Guilherme Moser/Ascom Apan/Informe Comunicação

Comentários