(Superliga B) Lavras Vôlei recebe o Anápolis Vôlei nesta quinta-feira

Na abertura da 3ª rodada da Superliga B, o Lavras Vôlei recebe o Anápolis Vôlei, nesta quinta-feira, às 20h, no ginásio da UFLA. O jogo coloca frente a frente equipes em situações opostas na competição. O time goiano está na 3ª posição, com duas vitórias em dois jogos e quatro pontos somados, enquanto os mineiros ainda não venceram e ocupam o 7º lugar, sem pontuar.

Com derrotas para Uberlândia/Gabarito (em casa) e Vedacit Vôlei Guarulhos (fora), o Lavras Vôlei sabe que precisa começar a ganhar se quiser alcançar uma melhor posição visando os playoffs. O levantador Lucas Salim, um dos mais experientes do elenco acredita no apoio do torcedor para reverter a situação, independente da força do adversário.

“Sabemos que teremos pela frente a equipe de maior investimento na competição, que tem um entrosamento maior, jogando juntos há mais tempo. Jogar em casa é muito bom, a torcida aqui em Lavras nos ajuda muito, lota o ginásio. E este apoio será muito importante para o nosso crescimento. Depois do primeiro jogo que fizemos, vimos melhora no segundo, então esperamos maior evolução neste terceiro”, comentou o levantador Lucas Salim.

O Anápolis Vôlei só jogou em casa até aqui (vitórias sobre São José Vôlei e Uberlândia/Gabarito) e vai até Lavras com a missão de manter a invencibilidade no campeonato, e, com isso, subir mais na classificação. O treinador Ricardo Picinin alerta para a força dos mineiros, mas espera alcançar a terceira vitória consecutiva na competição.

“Tivemos dois jogos difíceis em casa, as equipes vêm contra a gente como francos atiradores, mas conseguimos vencer. Agora vamos fazer nosso primeiro jogo fora de casa, e o Lavras tem uma base muito forte, de atletas que vêm do Sada Cruzeiro, e ainda tem o reforço do Lorena, então acho que é um time bastante perigoso. Espero que consigamos sair com mais uma vitória”, disse o treinador Ricardo Picinin.

foto: Leonardo Assad Aoun

Comentários