(Superliga) Apan/Blumenau e Sesc-RJ se enfrentam neste domingo no Galegão

Neste domingo, às 20h, Apan/Blumenau e Sesc-RJ se enfrentam no ginásio Galegão pela 6ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Na 7ª colocação, com 22 pontos, o time catarinense vem de uma boa sequência e busca mais uma vitória, enquanto os cariocas, que ocupam a 4ª posição, com 35 pontos, brigam por uma posição melhor dentro do G-4. A partida terá transmissão da TV Cultura. 

Invicta há quatro jogos, a Apan/Blumenau chega embalada e esperando contar novamente com a força da torcida. O técnico André Donegá sabe das dificuldades que terá pela frente, sendo que os dois times já se enfrentaram por três ocasiões este ano, sendo dois amistosos no inicio da temporada e pelo primeiro turno da Superliga, que acabou em vitória dos cariocas no Tijuca Tênis Clube. 

O treinador blumenauense destaca o forte sistema de ataque do time carioca, com atenção especial para oposto Wallace. Para alcançar a vitória, será preciso jogar muito próximo dos 100%, com poucos erros forçados no saque, na análise de Donegá. Ele também alerta para o fato do Sesc-RJ jogar muito em cima de erros dos adversários. 

O Sesc-RJ segue na cola do Sesi SP, que ocupa a 3ª posição, com apenas um ponto a mais. Por isso, cada vitória é importante na busca pela melhor colocação possível ao final do returno, que se aproxima. O técnico Giovane Gavio sabe que o time crescer na hora certa, ainda mais quando os playoffs estão ‘batendo na porta’. 

“Em primeiro lugar, temos que nos preocupar com a nossa equipe. Se entrarmos focados, com todo mundo 100%, temos mais chance de conseguir uma vitória, mesmo fora de casa. E esses três pontos serão muito importantes para nossa classificação. Agora é reta final! É atenção redobrada”, disse o central Flávio, que também pediu cuidado com alguns pontos fortes da equipe de Blumenau. 

“A gente fez bom jogo contra eles no primeiro turno. Mas agora eles têm o reforço do levantador Evandro, que não jogou da outra vez. Ele tem um bom entrosamento com o time, principalmente com o oposto (Franco). É um time que vem jogando bem, com bastante força de ataque pelas pontas. Então temos que ter muita concentração”, finalizou. 

Equipes:

Apan/Blumenau: Evandro, Franco, Ialisson, Babu, Ricardo Jr., Daniel Muniz e Filipinho (líbero)
técnico: André Donegá

Sesc-RJ: Matias Sanchez, Wallace, Gustavão, Flávio, Ademar, Maurício Borges e Alexandre Elias (líbero)
técnico: Giovane Gávio

foto: Raphael Guilherme Moser & Marcio Mercante

Comentários