(Superliga) Apan Blumenau vira para cima do Pacaembu/Ribeirão Preto

Embalado pela torcida, que se fez presente no ginásio Galegão, a Apan/Blumenau, de virada, derrotou o Pacaembu/Ribeirão Preto por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/11, 25/23 e 25/19 pela 5ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Em um duelo bem equilibrado, com exceção da segunda parcial, os catarinenses tiveram mais tranquilidade nos momentos decisivos para fazer valer o fator local e vencer o jogo. Com o resultado, o time treinado por André Donegá chegou aos 22 pontos e assumiu a 6ª colocação, enquanto os paulistas pararam nos 14 pontos e seguem no 10º lugar.

O primeiro set foi bastante equilibrado, com as duas equipes buscando seus opostos no ataque, casos de Caio e Franco. Com bom aproveitamento no saque e mais paciência no side-out, o Pacaembu/Ribeirão Preto acabou vencendo por 25 a 23, após erro de saque de Ricardo Jr. Na segunda parcial, os paulistas começaram errando demais, enquanto a Apan/Blumenau, apoiada pela torcida e com Franco soltando o braço acabou abrindo vantagem logo no inicio: 7 a 4. Mais tranquilos em quadra, os catarinenses fizeram incríveis 25 a 11.

O Pacaembu/Ribeirão Preto resolveu esquecer o set anterior e ir para cima no terceiro set. Entretanto, a Apan/Blumenau manteve o bom ritmo, com destaque para Franco (maior pontuador do jogo com 25 acertos) e nos detalhes, os donos da casa venceram por 25 a 23. No quarto set, os catarinenses mostraram porque estão dentro da zona de classificação para os playoffs, com grandes atuações de Daniel Muniz e Franco, acabaram abrindo no placar na hora certa: 13 a 11 e logo já tinha 20 a 15. No final, vitória por 25 a 19, após bloqueio trio sobre França.

“A gente está crescendo a cada jogo. Tivemos uma excelente vitória sobre o Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, mas sabíamos que não valeria de nada caso não vencêssemos aqui. Agora maior pontuador é conseqüência, o que vale é o trabalho que todos estão fazendo aqui”, “, disse o oposto Franco

“Primeiro precisamos parabenizar a equipe de Blumenau pelo resultado. É uma equipe bem equilibrada em todos os fundamentos. A nossa equipe, em alguns momentos, teve muitos erros técnicos. E enfrentar um time como Blumenau precisamos ter equilíbrio. Agora temos que jogar em um nível onde os erros sejam baixos”, declarou o líbero Serginho.

Apan/Blumenau volta a jogar no próximo domingo, às 20h, diante do Sesc-RJ, no ginásio Galegão. Já o Pacaembu/Ribeirão pega o América Vôlei, no sábado, às 19h, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Apan/Blumenau: Evandro, Franco, Ialisson, Babu, Ricardo Jr., Daniel Muniz e Filipinho (líbero)
entraram: Felipe Santos, Jamelão e Kelvin
técnico: André Donegá

Pacaembu/Ribeirão Preto: Luisinho, Caio Oliveira, Victor Baesso, Rodrigo Leandro, Judson, Biella e Serginho (líbero)
entraram: Kerber, Diego, Pedro, França e Wennder
técnico: Marcos Pacheco

foto: Raphael Guilherme Moser/Apan Blumenau

Comentários