(Sul-Americano) EMS Taubaté/Funvic perde para UPCN e fará duelo brasileiro na semi

Jogando no ginásio do Riacho, em Contagem, o EMS Taubaté/Funvic encarou um jogo complicado diante da UPCN e acabou derrotado por 3 sets a 1, parciais de 31/33, 23/25, 25/19 e 24/26. Com o resultado, o time paulista termina a primeira fase com uma vitória e uma derrota, ocupando a 2ª colocação do Grupo A e, com isso, vai enfrentar o Sada/Cruzeiro pelas semifinais, nesta sexta-feira, às 19h30min. 

O primeiro set foi bastante equilibrado. O UPCN apostou em um jogo de saque forçado e muita pressão sobre a recepção do EMS Taubaté Funvic. O Taubaté manteve um jogo de saque variado e o levantador Rapha usou bem as bolas com os ponteiros. O UPCN se manteve à frente do placar a maior parte do tempo, com o bloqueio trabalhando bem e as bolas de contra-ataque sendo convertidas em pontos. O Taubaté buscou igualar as ações com bom aproveitamento no saque, e levou a decisão do set para um final emocionante. Errando menos e com ótimo aproveitamento nos contra-ataques, o UPCN venceu o set por 33 a 31. 

O segundo set foi novamente equilibrado, com o EMS Taubaté Funvic mantendo o saque variado e um bom volume de jogo. Os taubateanos tentaram buscar um jogo mais agressivo, mas o UPCN manteve a efetividade no sistema defesa/bloqueio e manteve o jogo sob controle. Errando menos e aproveitando os contra-ataques, os argentinos fecharam em 25 a 23. 

O terceiro set teve uma melhor atuação do EMS Taubaté Funvic, que manteve o saque forçado e cresceu nas bolas de meio de rede. A recepção taubateana também melhorou e as bolas com o ponteiro Lucarelli foram a segurança ao longo do set. Com menos erros em relação aos dois primeiros sets, o Taubaté construiu a vitória com solidez e fechou em 25 a 19. 

O quarto set manteve o mesmo jogo equilibrado dos primeiros períodos. O Taubaté esteve bem em quadra, liderando o placar em vários momentos. Sacado bem e com a defesa sendo mais efetiva, os taubateanos mantiveram um volume de jogo bom ao longo do set. O UPCN não se entregou e conseguiu equilibrar as ações, e com poderio ofensivo e poucos erros nos momentos decisivos, conseguiu fechar em 26 a 24. 

Além de EMS Taubaté/Funvic e Sada/Cruzeiro, nesta sexta-feira, às 21h30min, a UPCN encara o Bolivar Voley por uma vaga na decisão. As partidas das semifinais e a final, que ocorre no sábado, serão transmitidas ao vivo pelo SporTV 2. 

foto: Agênciai7/Sada Cruzeiro

Comentários