Sesc-RJ encerrará equipe masculina após término da Superliga 2019/2020

O Sesc-RJ divulgou, em nota oficial, a conclusão do projeto do time masculino de vôlei após o término da Superliga 2019/2020. Criado em 2016, a equipe comandada por Giovane Gavio conquistou quatro vezes o Campeonato Carioca, levou o título da Superliga B em 2017 e terminou na 3ª e na 4ª colocações nas temporadas seguintes na elite nacional. 

“Giovane Gavio permanecerá no Sesc-RJ com o objetivo de dedicar esforços ao esporte de cunho socioeducativo. Na nova fase, ele participará ainda mais de vivências com os alunos de volei da instituição, ministrará palestras para pais e familiares das crianças sobre o esporte como fonte de educação e transformação social e, para os instrutores, o objetivo é alinhar tecnicamente a metodologia do ensino de vôlei com base nos valores educacionais do esporte. Haverá também a maior participação em capacitações, bate papos e vivências para alunos e professores de instituições parcerias do Sesc RJ e escolas públicas”, diz a nota oficial. 

Nesta temporada, além do Estadual, a equipe disputou a Copa Libertadores, disputada em Buenos Aires, onde ficou com a medalha de bronze e a Copa Brasil, que ocorreu em Jaraguá do Sul, quando caiu nas semifinais para o Sada/Cruzeiro. Na Superliga 2019/2020, ocupa atualmente a 3ª colocação, com 38 pontos, sendo 13 vitórias e cinco derrotas. 

Vale destacar que o time de vôlei feminino, dirigido por Bernardinho, será mantido e segue seu trabalho nas quadras. Com mais essa notícia, o Rio de Janeiro volta a ficar sem representantes no cenário nacional, pois antes mesmo do início da Superliga 2019/2020, o Botafogo havia informado sua desistência e encerramento do projeto. 

foto: Erbs Jr.

Comentários