(Libertadores) Sesi-SP fatura título ao bater Bolivar na decisão em Buenos Aires

No último sábado, no ginásio Roberto Pando, em Buenos Aires, o Sesi-SP venceu o Bolivar Voley por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/21 e 25/20, na decisão da 2ª edição da Copa Libertadores. Esse é o primeiro título da equipe paulistana na competição, sendo que na primeira edição, o time da Vila Leopoldina ficou com a medalha de bronze e os argentinos acabaram campeões. 

Bolivar Voley e Sesi-SP começaram a partida de forma intensa, as equipes trocavam pontos e não se desgarravam do placar. No decorrer do jogo, os anfitriões chegaram bem próximos a pontuação dos paulistas em todas as parciais, mas o time comandado por Rubinho seguiu em firme e conseguiu controlar a pressão para vencer o duelo em sets diretos.Entre os destaques individuais, o capitão da equipe, William Arjona, ficou com as premiações de MVP e melhor levantador do torneio. O central Éder ganhou como melhor central.

“Estávamos merecendo ganhar o título. Fomos muito fortes mentalmente nessa final. Estou orgulhoso do time. Fomos bem, ainda mais depois de uma semifinal daquelas contra o Sesc. Acredito que nossa equipe está se estabilizando cada vez mais. Ganhar a Libertadores nos dá mais motivação para seguir com o trabalho. Ainda tem a Superliga e vamos voltar com tudo”, afirmou o oposto Alan.

Na disputa pela medalha de bronze, o Sesc-RJ venceu o Obras San Juan por 3 sets a 1, parciais de 25/22, 21/25, 25/21 e 25/18. 

foto: Romina Sacher/Prensa Aclav

Comentários