Ariake Arena, casa do vôlei nos Jogos Olímpicos Tóquio/2020, é inaugurada

No início deste mês foi oficialmente inaugurada a Ariake Arena, que será casa do vôlei nos Jogos Olímpicos de Tóquio/2020. Com cerca de três mil pessoas presentes, o evento contou com autoridades locais, como o governador da cidade, Yuriko Koike, e o presidente do Comitê Organizador Local. Yasuhiro Yamashita, além de jogadores da seleção japonesa.

O ginásio, que foi construído do zero, é uma das instalações permanentes construídas para a competição. Com capacidade para 15 mil torcedores, a Ariake Arena, que tem ainda uma segunda quadra para aquecimento das equipes, terá seis jogos diários contando os dois naipes durante Tóquio/2020. Lembrando que ainda não foram divulgadas datas e horários das partidas, mas o time verde e amarelo estreia no dia 25 de julho.

O Brasil está no Grupo B ao lado dos Estados Unidos, da Rússia, da Argentina, da França e da Tunísia. O técnico Renan Dal Zotto andou analisando a chave e aposta em uma edição extremamente equilibrada, citando clássicos internacionais já na primeira fase, que coloca quatro equipes na próxima etapa.

“Estamos em um grupo fortíssimo e a classificação já está valendo a partir da primeira partida. Todo set vai fazer diferença para buscar a vaga nas quartas de final. Estamos atentos aos adversários do nosso próprio grupo, onde iremos enfrentar clássicos internacionais, e onde não existem favoritos. Todos vão com o que têm de melhor e temos que chegar em uma condição ótima para buscar a classificação”, disse o técnico Renan Dal Zotto.

foto: COI/Divulgação

Comentários