(Superliga) Querendo ficar no G-8, Vôlei UM Itapetininga enfrenta o Sesc-RJ

O Vôlei UM Itapetininga recebe o Sesc-RJ, neste sábado, às 18h, no ginásio Ayrton Senna, pela 2ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Na 8ª posição, com 13 pontos, o time paulista quer se manter na zona de classificação para os playoffs, enquanto a equipe carioca, atualmente na 4ª posição, com 27 pontos, ‘briga’ para se aproximar da liderança. A partida terá transmissão do Canal Vôlei Brasil. 

Após disputar a Copa Brasil, onde foi eliminado pelo Sada/Cruzeiro, em Contagem, o Vôlei UM Itapetininga segue focado no seu objetivo da temporada, no caso, se classificar para os playoffs da Superliga. O técnico Peu Uehara entende que a partida será bem complicada, já que irá enfrentar um dos clubes considerados favoritos a conquista do título, porém espera ver seu time rendendo melhor que do foi apresentado diante do Fiat/Minas na rodada passada. 

Ainda não se tem confirmação sobre a presença do oposto Gabriel, hoje o 4ª maior pontuador da Superliga (pontos/sets), porém o jovem Alex vem ‘segurando’ a pressão de ser o definidor da equipe. Um dos destaques do time paulista é o central Johan, hoje o 4º melhor bloqueador da competição, com 28 pontos, sendo que ele também tem como um dos diferenciais o ótimo saque. 

O Sesc-RJ chega embalado pela classificação na Copa Brasil, após passar pelo Vôlei Renata e querendo somar três pontos em seu primeiro desafio fora de casa em 2020. Contando com o apoio da sua torcida, a equipe comandada pelo técnico Giovane Gávio, conquistou, até então, três vitórias, em três partidas, neste ano, e a intenção é manter esse aproveitamento também longe do ginásio do Tijuca Tênis Clube. 

“É um jogo que gera bastante expectativa para a gente, também por ser fora de casa. Vamos encontrar uma equipe jovem, provavelmente com um ginásio cheio, então nos serve de preparação e de continuidade para a construção da nossa equipe. É um adversário que vem mostrando o seu valor, mesmo ainda estando um pouco abaixo dos grandes da Superliga. Espero que seja um grande espetáculo e que a gente consiga os três pontos”, afirmou o experiente levantador Marlon. 

Equipes:

Vôlei UM Itapetininga: Matheus Winck, Alex, Pedro Cardoso, Willian, Thales, Johan e Gian (líbero)
técnico: Peu Uehara

Sesc-RJ: Marlon, Daniel, Maurício Borges, Jan Martinez, Flávio, Gustavão e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gavio

foto: Vôlei UM/Divulgação & Erbs Jr/Sesc-RJ

Comentários