(Superliga) No Riacho, Sada/Cruzeiro não dá chances ao Ponta Grossa Vôlei

No duelo entre o líder e o lanterna da Superliga 2019/2020 deu a lógica e o Sada/Cruzeiro derrotou o Ponta Grossa Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/21 e 25/19, no ginásio do Riacho, em Contagem. Desde o início do confronto, a Raposa mostrou seu poderio de ataque e não deu chances aos paranaenses, que até tentaram reagir em alguns momentos, principalmente com o saque. Com o resultado da partida válida pela 11ª rodada, os comandados de Marcelo Mendez chegaram aos 30 pontos e seguem líderes, enquanto o time de Fábio Sampaio permanece na lanterna, com três pontos.

Mesmo poupando alguns jogadores, o Sada/Cruzeiro foi para cima e logo abriu 5 a 1. Com o saque entrando, com destaque para o central Cledenilson, que fez três aces na partida, o time celeste foi abrindo vantagem: 15 a 11. De forma bem tranquila, ainda mais que o Ponta Grossa Vôlei tinha dificuldades no side-out, os comandados de Marcelo Mendez fecharam o primeiro set em 25 a 15, após saque de Filipe.

O segundo set foi mais disputado, com o Ponta Grosa Vôlei errando menos e conseguindo parar o ataque adversário, tanto que chegou a estar na frente: 7 a 9. Entretanto, não demorou muito para o Sada/Cruzeiro impor seu jogo, forçar mais o saque e com grande atuação, novamente do central Cledenilson fez 18 a 16. No final, vitória dos donos da casa por 25 a 21, após bola de segunda do levantador Rodriguinho Leme.

Assim como a parcial anterior, o terceiro set foi disputado, principalmente no inicio, com o placar chegando várias vezes a ficar igual: 8 a 8. O Sada/Cruzeiro tinha no bom desempenho no saque o seu principal fundamento, além de errar muito pouco na virada de bola: 16 a 14. Na reta final do set, a Raposa pressionou o adversário e com certa facilidade abriu vantagem para vencer por 25 a 19, após bloqueio do principal nome do jogo, no caso, Cledenilson.

“É uma semana muito corrida pra nós, um mês com muitos compromissos. E é sempre bom agarrar as oportunidades que aparecem. Hoje eu consegui me destacar bastante no saque, é uma coisa que venho treinando muito e consegui ajudar o time. Mas este troféu não é só meu, é de toda a equipe que jogou muito bem”, disse o central Cledenilson, que fez três aces.

“Faltou concentração, mesmo com o Sada/Cruzeiro trocando várias peças, acabamos errando muito saque, tomando decisões equivocadas, o que precisamos melhorar para encarar o Sesi-SP (...) Temos que tentar achar um norte, um padrão de jogo, não que ficamos sem pensar no adversário, mas precisamos parar de oscilar”,  declarou o técnico Fábio Sampaio.

As duas equipes voltam a quadra no próximo sábado. O Sada/Cruzeiro recebe o Pacaembu/Ribeirão Preto, às 17h, no ginásio do Riacho, em Contagem, enquanto o Ponta Grossa Vôlei pega o Sesi-SP, às 19h, no ginásio da Vila Leopoldina.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Filipe, Hugo, Cledenilson, Otávio e Lukinha (líbero)
entraram: Luan e Rodriguinho Leme
técnico: Marcelo Mendez

Ponta Grossa Vôlei: Cesinha, Eric, Robinho, Coxinha, Dutra, Lucas Salles e Mendel (líbero)
entraram: Marcos Paulo, Léo, Vinicius Araujo e Peron
técnico: Fábio Sampaio

foto: Agênciai7/ Sada Cruzeiro

Comentários