(Superliga) EMS Taubaté/Funvic se recupera e vence Apan/Blumenau em SC

Mesmo jogando no ginásio Galegão, em Santa Catarina, o EMS Taubaté/Funvic impôs seu jogo e venceu a Apan/Blumenau por 3 sets a 0, parciais de 18/25, 21/25 e 20/25, pela 1ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Contando com a boa presença do público, os donos da casa não se intimidaram e chegaram a pressionar o time paulista, mas a força e o talento dos comandados de Renan Dal Zotto falou mais alto. Com o resultado, a equipe do Vale do Paraíba chegou aos 29 pontos e segue na vice-liderança, enquanto os catarinenses pararam nos 10 pontos e seguem na 10ª posição.

O primeiro set teve um começo bem equilibrado com as duas equipes forçando o saque. O Apan/Blumenau teve um bom início, aproveitando os contra-ataques e com o setor defensivo trabalhando bem. O EMS Taubaté/Funvic demorou a se encontrar na partida, mas buscou a reação com boa efetividade na recepção e trabalhando bem com os ponteiros Lucarelli e Douglas. Errando menos na reta final do set, o Taubaté conseguiu abrir vantagem e fechou em 25 a 18.

O segundo set teve maior domínio do EMS Taubaté/Funvic, que teve ótimo aproveitamento no saque e no bloqueio. Com bom volume ofensivo, o time taubateano se manteve sempre à frente do placar e administrou a vantagem ao longo do set para fechar por 25 a 21. O terceiro set foi novamente de maior domínio taubateano. O EMS Taubaté/Funvic variou bem o saque e forçou mais erros do Blumenau. Com bom aproveitamento dos contra-ataques, o bloqueio efetivo e o saque entrando bem, o Taubaté encaminhou a vitória com tranquilidade por 25 a 20.

“Agradeço a todos que votaram e se pudesse dividir esse troféu com toda a equipe seria um prazer. Mas, claro, o mais importante hoje é o resultado. Poder jogar aqui em Blumenau, uma cidade apaixonada por vôlei, com o ginásio cheio, contra um time que está jogando muito bem me deixa muito feliz. É importante começarmos bem o segundo turno”, afirmou o levantador Rapha.

“Temos que tirar máximo proveito dessa partida. O time deles é acima do nosso, mas temos que manter esse nível de jogo contra os outros pois assim teremos uma chance. Eles têm uma qualidade altíssima, conta com campeões olímpicos, mas nós não desistimos do jogo hora nenhum. Lutamos até o fim”, disse o líbero Filipinho.


O EMS Taubaté/Funvic dá um tempo na Superliga para pensar na Copa Brasil. Na quarta-feira, às 20h, enfrenta o Denk Maringá Vôlei, no ginásio Abaeté. Já a Apan/Blumenau só volta a quadra no próximo sábado, às 20h, contra o Vôlei Renata, no ginásio Galegão

Equipes:

Apan/Blumenau: Evandro, Franco, Samuca, Babu, Ricardo Jr., Daniel Muniz e Filipinho (líbero)
entraram: Felipe Santos, Kelvin, Ricardo Schueroff e Jamelão
técnico: André Donegá

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Al Hachdadi, Lucão, Maurício Souza, Douglas, Lucarelli e Thales (líbero)
entraram: Petrus, Rogerinho, Riad e Renan Bonora
técnico: Renan Dal Zotto

foto: Raphael Guilherme Moser/Apan Blumenau

Comentários