(Superliga) EMS Taubaté/Funvic recebe Pacaembu/Ribeirão Preto no Abaeté

Em jogo isolado, nesta sexta-feira, às 20h, o EMS Taubaté Funvic recebe o Pacaembu/Ribeirão Preto, no ginásio do Abaeté, pela 3ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. O time do Vale do Paraíba está na 3ª colocação, com 35 pontos, junto com o Sada/Cruzeiro, porém com um jogo a mais, enquanto os comandados de Marcos Pacheco estão no 10º lugar, com 11 pontos, precisando vencer para voltar ao G-8. A partida terá transmissão do Canal Vôlei Brasil. 

O time taubateano vem de uma sequência positiva de três vitórias consecutivas na competição, contra Apan/Blumenau, Ponta Grossa Vôlei e Denk Maringá Vôlei. Seguir nesta mesma ‘pegada’ é o que mais importa agora, ainda mais que a equipe acabou sendo eliminada nas semifinais da Copa Brasil, competição que acabou com o título do Sada/Cruzeiro no último final de semana, 

“Foram oito jogos em três semanas, com muitas viagens, então foi bem puxado essa volta após as festas de fim de ano. Essa semana inteira que tivemos de trabalho aqui na nossa casa foi muito importante para corrigirmos esses erros que cometemos no jogo contra o Sesi-SP pela Copa Brasil.”, disse o central Lucão, que projetou o jogo desta sexta-feira. 

“Teoricamente, não será uma partida tão complicada, mas cai sobre nós a responsabilidade de confirmar essa vitória. E marcar os três pontos é de suma importância não só para nos mantermos na vice-liderança, mas para seguir lutando para retomar a liderança. O Pacaembu/Ribeirão Preto é um time que endureceu jogos contra o Sada/Cruzeiro e Sesi-SP, então não podemos amolecer de forma alguma. No primeiro turno vencemos bem lá na casa deles, mas de lá para cá eles tiveram um crescimento, evoluíram e com certeza esse jogo será diferente do primeiro”, completou Lucão. 

“Vamos enfrentar o time de Ribeirão bem preparados. Treinamos forte nos últimos dias, depois que voltamos da Copa Brasil, e a equipe está pronta para esse duelo que sabemos que não vai ser fácil. Apesar da distância na tabela, dentro de quadra é preciso jogar bem para vencer qualquer adversário e é isso que esperamos fazer”, disse o líbero Thales. 

Pelo lado do Pacaembu/Ribeirão Preto, o momento é delicado, já que a equipe ainda não venceu nenhum jogo neste ano; Entretanto, todos sabem que os adversários fazem parte do ‘seleto’ grupo do G-4, sendo o último deles, justamente, o EMS Taubaté/Funvic . A intenção é realizar um bom jogo e se possível conquistar pontos, porém se preparando para o restante do segundo turno diante dos confrontos diretos pelos playoffs. 

“Sabemos que esse vai ser um jogo difícil. Vamos enfrentar um dos times favoritos ao título e quando eles jogam em casa ficam ainda mais fortes. A torcida de Taubaté é presente e participa do jogo o tempo todo. Mas, por outro lado, nosso grupo está bastante motivado e esperamos surpreender”, afirmou o líbero Serginho. 

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic
: Rapha, Al Hachdadi, Lucão, Riad, Douglas Souza, Lipe e Thales (líbero)
técnico: Renan Dal Zotto

Pacaembu/Ribeirão Preto: Pedro Telles, Caio Oliveira, Yago, Rodrigo Leandro, Wennder, Biella e Diego (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

foto: Renato Antunes/Maxx Sports & Vôlei Ribeirão/Divulgação

Comentários