(Superliga) Em casa, Sesi-SP impõem seu jogo e vence o Ponta Grossa Vôlei

Jogando no ginásio da Vila Leopoldina, o Sesi-SP não teve dificuldades para vencer o Ponta Grossa Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/23 e 25/21 pela 1ª rodada do returno da Superliga 2019/2020. Desde o início do confronto, o clube paulistano mostrou que não ia dar chances ao adversário, soltando o braço no saque e aproveitando o side-out. Com o resultado, a equipe de Rubinho segue na 3ª posição, com 28 pontos, enquanto o time paranaense continua na lanterna, com três pontos.

Com um bom desempenho de saque, o Ponta Grossa Vôlei até iniciou a partida equilibrando as ações e não deixando o placar se distanciar: 8 a 8. Entretanto, algumas escolhas erradas no contra-ataque e alguns erros de recepção fizeram os paranaenses caírem de produção, enquanto o Sesi-SP aproveitou para abrir diferença: 16 a 12. Seguro no ataque e sem dificuldades no side-out, os donos da casa chegaram a 25 a 18, após ponto de Sidão.

No segundo set, o Ponta Grossa Vôlei voltou melhor e com bom trabalho do oposto Eric e do ponteiro Robinho deixava tudo igual: 7 a 7 e logo abriu 9 a 12. O Sesi-SP parecia um pouco desconcentrado em quadra, mas logo com um saque flutuante e bom trabalho de distribuição de William, os donos da casa empataram: 14 a 14 e passaram na frente 18 a 15, após ataque de Alan. No final, os paranaenses venceram caro a derrota, mas a experiência e a tranquilidade do clube paulistano falou mais alto: 25 a 23.

Novamente, os visitantes saíram na frente na parcial: 2 a 4, mas logo o Sesi-SP, mesmo com algumas mudanças no time, manteve a sua força e igualou o marcador: 9 a 9. Os comandados de Rubinho pareciam tranqüilos em quadra e mesmo com um grande esforço do adversário, o que se via era os donos da casa na frente: 16 a 12. No final, a diferença no placar foi fundamental para o Sesi-SP fechar em   25 a 21.

“É sempre importante fazer três pontos, toda a equipe está de parabéns e o resultado é conseqüência disso (...) O Éder é um jogador importantíssimo para nossa equipe, está em grande fase e faz falta, mas o que o Rubinho fez jogo, fazendo o pessoal rodar, assim como eu, dá mais confiança para o restante da competição”, disse o central Sidão.

“Acabamos tento um excesso de vontade para conseguir o resultado, pois acabamos em alguns momentos errando muito, principalmente no saque. Fizemos um jogo do mesmo nível com o Sesi-SP e dá força para a sequência do campeonato”, disse o oposto Eric, maior pontuador do jogo com 15 acertos.

O Sesi-SP dá um tempo na Superliga para se dedicar a Copa Brasil. Na quarta-feira, às 19h, recebe o Fiat/Minas, no ginásio da Vila Leopoldina. Já o Ponta Grossa Vôlei só retorna a quadra no próximo sábado, às 18h, diante do EMS Taubaté/Funvic, na Arena Multiuso.

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Sidão, Barreto, Lucas Loh, Fábio e Douglas Pureza (líbero)
entraram: Matheus Brasília, Daniel Pinho e Victor Birigui
técnico: Rubinho

Ponta Grossa Vôlei: Cesinha, Eric, Robinho, Vinicius Cardozo, Dutra, Lucas Salles e Mendel (líbero)
entraram: Coxinha, Mikael, Leo e Peron
técnico: Fábio Sampaio

foto: Reprodução

Comentários