(Superliga) Denk Maringá Vôlei ganha do Vôlei Renata em pleno Taquaral

Fechando a 1ª rodada do returno da Superliga 2019/2020, o Denk Maringá Vôlei venceu, de virada, o Vôlei Renata, por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 20/25, 27/29 e 28/30, no ginásio do Taquaral. O equilíbrio marcou a partida que teve sempre as equipes definindo suas vitórias nos sets com dificuldades, sendo que os paranaenses tiveram muita garra e com grande atuação do levantador Everaldo venceu o duelo. Com o resultado, o time de Alessandro Fadul chegou aos 17 pontos e permanece na 7ª colocação, enquanto a equipe de Campinas para nos 22 pontos e segue no 5º lugar.

O Vôlei Renata mostrou superação para levar o primeiro set. Com dificuldades no ataque, os campineiros viram o adversário saltar na frente, fazendo 6 a 1 logo de cara. A reação começou em ace de Renan, que diminuiu a diferença (6 a 4). Aos poucos, os donos do Taquaral foram reagindo e conseguiram empatar após dois bloqueios seguidos, com Michel e Renan (11 a 11). A parcial seguiu equilibrada. A equipe visitante comandava o placar, mas os comandados do técnico Horácio Dileo seguiam na cola. A virada veio em contra-ataque de Vaccari (23 a 22). Na sequência, Gonzalez anotou ace e ampliou a vantagem do time da casa (24 a 22). Coube ao central Michel rodar a bola decisiva em ataque pelo meio e fechar o set para o Vôlei Renata: 25 a 23.

Os campineiros não conseguiram manter o bom ritmo do segundo set. Após início equilibrado, os visitantes logo tomaram conta da parcial. Mesmo com as entradas de Angellus e Canuto, que deram um respiro ao ataque, os donos da casa não conseguiram reagir, muito também pelas boas mudanças na equipe paranaense aplicadas pelo técnico Alessandro Fadul. Com o oposto Lorena chamando a responsabilidade no final do set, a vitória do Denk Maringá Vôlei foi de 20 a 25.

No terceiro set, o Vôlei Renata voltou a mostrar a força do conjunto. Angellus fechou a porta do ataque adversário e deu a vantagem aos donos da casa logo no início da parcial (6 a 5). O duelo, no entanto, seguiu equilibrado. Michel não deixou os paranaenses crescerem na partida em bloqueio, mantendo o empate (15 a 15). Luizinho anotou contra-ataque importante, na reta final, e a parcial seguiu tensa (20 a 20). No momento decisivo da etapa, os campineiros não conseguiram ser efetivos na virada de bola e a equipe visitante fez 27 a 29.

O Vôlei Renata retomou o ritmo no quarto set. Com volume na defesa e bom aproveitamento no ataque, os campineiros foram construindo o placar para forçar o tiebreak. Em bloqueio de Bruno Canuto, os donos da casa fizeram 17 a 13 e obrigaram o adversário a parar o jogo. Atrás do marcador, Maringá se aproveitou dos erros do time de Campinas e empatou o duelo (24 a 24). No momento decisivo, os comandados do técnico Horácio Dileo não aproveitaram a força do Taquaral e viram os visitantes anotarem 26 a 28.

“Sabíamos que ia ser uma partida muito difícil. A equipe deles está muito bem, forte, e fez um turno excelente, mas sabíamos que tínhamos condições de fazer um bom jogo. Nós temos um grupo muito unido, que se dedica muito e estamos conseguindo mostrar isso dentro de quadra. Foi uma vitória muito importante para os nossos objetivos”, afirmou o levantador Everaldo.

“Tentamos de tudo, mas infelizmente a vitória não veio. Perdemos o Renan no segundo set por causa de um mal-estar e tivemos dificuldades em retomar o ritmo. No quarto set conseguimos impor nosso jogo, mas acabamos pecando na hora de fechar. O vôlei tem disso. Agora é levantar a cabeça porque temos uma semana importante pela frente”, analisou o central Luizinho.

Agora as equipes dão uma pausa na Superliga para a disputa da 1ª fase da Copa Brasil, que ocorre na próxima quarta-feira. O Denk Maringá Vôlei encara o EMS Taubaté/Funvic, às 20h, no ginásio do Abaeté, enquanto o Vôlei Renata pega o Sesc-RJ, no mesmo horário, no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Equipes:

Vôlei Renata: Demian Gonzalez, Renan, Vaccari, Luis Fernando, Michel, Luizinho e Bello (líbero)
entraram: Angellus, Paolinetti, Bruno Canuto e Robinho
técnico: Horacio Dileo

Denk Maringá Vôlei: Everaldo, Alemão, Alê, Juninho, Victor Hugo, Gabriel Bertolini e Fabio Paes (líbero)
entraram: Daniel Rossi, Lorena, Rômulo, Gabriel Franco e Raphael Marcarini
técnico: Alessandro Fadul 

foto: Marcos Riboli/Vôlei Renata

Comentários