Com Sesc-RJ, Sesi-SP e Fiat/Minas, Copa Libertadores ocorre em Buenos Aires

O ginásio do San Lorenzo, em Buenos Aires, entre 28 de janeiro e 1º de fevereiro, será palco da segunda edição da Copa Libertadores de Voleibol. Serão três times brasileiros (Sesc-RJ, Sesi-SP e Fiat/Minas) enfrentando três argentinos (Bolívar, Obras de San Juan e Ciudad Voley). A competição, que no ano passado teve oito participantes e o Bolívar como campeão, chega agora com novo regulamento e novo formato. 

A primeira fase da Copa Libertadores terá cada equipe realizando dois jogos cada, sendo que os confrontos serão entre Brasil x Argentina. Classificam-se para as semifinais os dois melhores times de cada país, sendo que obrigatoriamente os confrontos serão entre clubes do mesmo país. 

Na edição passada, o Sesc-RJ acabou fazendo a melhor campanha entre os brasileiros, terminando como vice-campeão. Sesi-SP foi o 3º colocado, enquanto EMS Taubaté/Funvic terminou no 4º lugar e o Sada/Cruzeiro fez uma campanha bem abaixo do esperado, não se classificando nem para as semifinais. 

Confira a tabela:

Dia 28/1
Sesc-RJ x Obras San Juan
Bolívar x Fiat/Minas

Dia 29/1
Fiat/Minas x Obras San Juan
Sesi-SP x Ciudad Voley

Dia 30/1
Bolívar x Sesi-SP
Sesc-RJ x Ciudad Voley

Dia 31/1
Disputa do 5º lugar: brasileiro com pior campanha x argentino com a pior campanha
Semifinal 1: melhor brasileiro x segundo melhor brasileiro
Semifinal 2: melhor argentino x segundo melhor argentino

Dia 1/2
Disputa do bronze
Final

foto: Divulgação

Comentários