Vedacit investirá R$ 5 milhões no Vôlei Guarulhos para a temporada 2020/2021

Na última sexta-feira foi apresentado oficialmente o Vedacit Vôlei Guarulhos, time que disputará a Superliga B, que começa no dia 23 de janeiro. Em evento, que reuniu dirigentes da marca e do time, o técnico Vinícius Gamino, mais conhecido como Alegrete, e o levantador e capitão do time, Sandro, foi anunciado que a empresa de impermeabilizantes investirá R$ 5 milhões entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021.

“Há umas coincidências interessantes. Guarulhos é muito próxima ao nosso local original. Estamos sediados na Vila Guilherme (zona norte de São Paulo), além do projeto de vôlei da cidade ser muito interessante. Não é apenas um patrocínio para um time de alta performance. Tem todo o aspecto de um projeto muito mais abrangente, de alcançarmos os jovens, formar novos profissionais do esporte e transformar vidas (...) Esta composição de desempenho e a ambição de propósito são muito complementares. É um interesse comum. O projeto tem tudo para render frutos a Guarulhos, ao esporte nacional e à Vedacit”, disse o CEO da Vedacit, Marcos Bicudo. 

“Teremos o projeto Vôlei do Bem, com o objetivo de entrar na periferia e como referência de vida às crianças e aos adolescentes. O esporte é o caminho que pode mudar as pessoas, tirá-las das drogas”, destacou o gestor do Vedacit Vôlei Guarulhos, Anderson Marsili, que além do time profissional também contará com equipes sub-19 e sub-21. 

O Vedacit Vôlei Guarulhos conquistou a vaga na Superliga B ao ficar no primeiro lugar do CBI – Superliga C, com sede e Joinville. Com um lugar garantido na segunda divisão, a diretoria buscou vários reforços e desde o dia 2 de fevereiro, o técnico Alegrete vem trabalhando com o elenco, que além de Sandro conta com alguns nomes conhecidos do grande público, como o oposto Gregore Baiano, o ponteiro Bruno Godoy e o central Mudo. 

foto: Vôlei Guarulhos/Divulgação

Comentários