(Superliga) Vôlei Renata recebe Pacaembu/Ribeirão Preto no Taquaral

Pela 9ª rodada da Superliga 2019/2020, o Vôlei Renata encara o Pacaembu/Ribeirão Preto, nesta quarta-feira, ás 20h, no ginásio Taquaral. Na 5ª colocação, com 13 pontos, o time de Campinas tenta alcançar o G-4 (hoje o Sesc-RJ está em 4º lugar, com 16 pontos), enquanto o time comandado por Marcos Pacheco, que aparece na 7ª colocação, com nove pontos, quer subir ainda mais na tabela. A partida terá transmissão do Canal Vôlei Brasil. 

O Vôlei Renata quer se despedir de sua torcida em 2019 com vitória e com quatro resultados positivos nos últimos cinco jogos, o que o técnico Horácio Dileo espera é que o time mantenha o ritmo forte em quadra. O retrospecto no Taquaral chama a atenção, já que em casa, este ano, são 15 jogos, sendo onze vitórias, aproveitamento de 73%. Um dos destaques da equipe é o levantador argentino Demian Gonzaelez. 

“Voltamos a mostrar nosso nível de jogo e estamos mantendo isso em constância. Temos que continuar evoluindo, pois ainda temos coisas que ainda podemos melhorar em longo prazo”, disse o levantador e capitão do Vôlei Renata, Demian González, que ainda comentou sobre o adversário de quarta-feira. 

“Pacaembu/Ribeirão Preto é um adversário muito perigoso, com um ótimo treinador. Eles venceram as três últimas partidas e vem com confiança alta. Vai ser um jogo muito duro, mais um da Superliga. Temos que impor nosso ritmo, nosso jogo que vem crescendo a cada jogo (...) Todo jogo é uma final para nós. Vamos em busca da vitória todos os jogos. Às vezes conseguimos, às vezes não. Independente do adversário, não podemos parar de evoluir. Este time tem fome de ganhar e tenta crescer sempre. Essa é a nossa ideia e o que a comissão técnica pede”, acrescentou o camisa 8. 

Pelo lado do Pacaembu/Ribeirão Preto, o momento também é muito bom, já que a equipe vem de três vitórias seguidas. O técnico Marcos Pacheco viu seu time ganhar poder de reação, principalmente nas partidas contra América Vôlei e Denk Maringá Vôlei, sendo que nesta última, ocorrida no sábado, a questão desgaste físico pode pesar para alguns atletas. 

Além de líder dentro e fora de quadra, o líbero Serginho ainda virou destaque nas estatísticas da CBV. O bicampeão olímpico aparece como o melhor jogador de recepção, com 74%, sendo que na defesa ele também vem sendo importante, até para liberar mais os ponteiros Yago e Rodrigo Leandro. 

Equipes:

Vôlei Renata: Demian Gonzalez, Renan, Vaccari, Luis Fernando, Michel, Luizinho e Bello (líbero)
técnico: Horacio Dileo
Pacaembu/Ribeirão Preto: Pedro Telles, Caio Oliveira, Yago, Rodrigo Leandro, Wennder, Biella e Serginho (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

foto: Marcos Riboli/Vôlei Renata & Rubens Okamoto/Pacaembu Vôlei Ribeirão

Comentários