(Superliga) Sesi-SP e Vôlei Renata se enfrentam na Vila Leopoldina

Na abertura da 6ª rodada da Superliga 2019/2020, o Sesi-SP recebe o Vôlei Renata, nesta quarta-feira, às 18h, no ginásio da Vila Leopoldina. Na vice-liderança, com 15 pontos, clube paulistano pretende manter o 100% de aproveitamento e alcançar o 1º lugar, atualmente do EMS Taubaté/Funvic (apenas nos critérios de desempate). Já a equipe de Campinas, hoje no 6º lugar, com sete pontos, quer a vitória para se aproximar do G-4. A partida terá transmissão do Canal Vôlei Brasil. 

Com cinco vitórias em cinco rodadas já realizadas, o Sesi-SP sabe que cada partida na sequência será ainda mais difícil devido ao fator ‘time a ser batido’ na competição. Um dos responsáveis pela boa campanha da equipe é o oposto Alan, maior pontuador em quatro dos cinco jogos disputados pelo time até aqui pela equipe, ele vem sendo o principal nome ofensivo dos comandados de Rubinho. 

“Amanhã vai ser um jogo muito forte. Sabemos que o Vôlei Renata vem embalado na Superliga, já conhecemos o time deles do Campeonato Paulista, onde o time deles foi muito bem também. Então, estamos esperando um jogo bem difícil. Mas, nos preparamos bem e vamos com tudo para conseguir essa vitória”, disse o oposto Alan. 

No outro lado da quadra, o Vôlei Renata tem se mostrado um visitante indigesto, já que dois dos três resultados positivos do time de Campinas foram fora de casa, e sobre equipes do topo da tabela. As vitórias diante do Sada/Cruzeiro e do Sesc-RJ no ginásio dos adversários, deixa a equipe embalada para buscar mais um bom resultado diante de um time considerado favorito ao título. 

“Estamos em uma sequência boa, conseguimos resultados importantes contra adversários que são favoritos e vamos focamos em tentar fazer mais um bom jogo. Precisamos jogar bem, não só contra o Sesi-SP, mas em todas as partidas. Dar nosso melhor. Se a gente quer manter uma sequência positiva na Superliga precisamos ter esse comportamento”, comentou o técnico Horacio Dileo, que falou sobre o momento de Renan (maior pontuador da Superliga) e Vaccari (segundo melhor sacador). 

“O individual aparece quando o coletivo funciona. Precisamos melhorar em alguns fundamentos como um time. Coisas como o saque e a virada de bola com passe quebrado. É por isso que estamos treinando tanto, para melhorar e sermos completos. Isso precisa ser um diferencial da equipe e os atletas tem que ter muito claro como fazer”, acrescentou Dileo. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Barreto, Lucas Loh, Fábio e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

Vôlei Renata: Demian Gonzalez, Renan, Vaccari, Luis Fernando, Michel, Luizinho e Bello (líbero)
técnico: Horacio Dileo

foto: Jessica Telles & Denny Cesare

Comentários