(Superliga) Dentro do Abaeté, Sada/Cruzeiro vence EMS Taubaté/Funvic

Em grande duelo no ginásio Abaeté, o Sada/Cruzeiro derrotou o EMS Taubaté/Funvic por 3 sets a 0, parciais de 18/25, 23/25 e 30/32, pela 10ª rodada da Superliga 2019/2020. A partida foi bastante equilibrada, com direito a polêmicas com arbitragem, desafios que geraram dúvidas, e muitos lances bonitos em quadra. No final, os mineiros levaram a melhor, tendo mais qualidade no saque e um dos destaques foi o ponteiro Perrin. O resultado fez a Raposa chegar aos 24 pontos e permanecer na vice-liderança, enquanto o time do Vale do Paraíba parou nos 25 pontos, mas segue como líder.

O primeiro set começou bem equilibrado, com os dois times forçando o saque. O EMS Taubaté Funvic esteve muito bem na defesa e chegou a abrir três pontos de diferença. O Sada Cruzeiro reagiu e passou a sacar bem e aproveitar as bolas com os ponteiros. O primeiro set ficou marcado por muitas reclamações de ambos os lados e o jogo ganhou em tensão. O Taubaté passou a cometer mais erros, enquanto o Sada manteve o bom saque, e conseguiu abrir vantagem confortável. Renan Dal Zotto colocou o ponteiro Lipe no jogo, mas o time taubateano não conseguiu tirar a diferença. O Sada/Cruzeiro fechou em 25 a 18.

O segundo set teve um início equilibrado, os dois times seguiram forçando o saque e buscando dificultar a recepção adversária. O bloqueio taubateano trabalhou bem na primeira metade do set, e as duas equipes ser alternaram na liderança do placar, mas sem abrir vantagem. Na reta final do set o Sada Cruzeiro conseguiu abrir com uma ótima sequência de saques do central Otávio. O Taubaté tentou reagir, e esboçou equilibrar as ações com dois saques poderosos de Lucarelli. Mas o Sada administrou e fechou o set em 25 a 23.

O terceiro set foi o mais equilibrado e longo do jogo. O Sada Cruzeiro manteve o saque forçado entrando bem, enquanto o Taubaté teve dificuldades na recepção e no passe. O bloqueio do Sada também foi superior e parecia que o time mineiro encaminharia a vitória com tranquilidade. O EMS Taubaté Funvic buscou a reação e equilibrou as ações, levando a decisão do set para uma sequência emocionante. O Taubaté chegou a salvar sete match points do Sada, mas a equipe visitante fechou em 32 a 30.

“Acho que o Mundial deu muita moral e confiança para o nosso time, especialmente nos momentos difíceis. Enfrentamos esses momentos e isso uniu muito o nosso time. Fico muito feliz pelo que estamos fazendo. Estamos acabando bem o ano, a temporada ainda é longa, mas sinto que estamos no caminho certo. Fico muito feliz por isso”, disse o ponteiro Facundo Conte.


Após o recesso para as festas de final de ano, o Sada/Cruzeiro volta a quadra no dia 5 de janeiro, às 20h, contra o Fiat/Minas, no ginásio do Riacho, em Contagem, em partida atrasada da 6ª rodada. Já o EMS Taubaté/Funvic pega o Sesi-SP no dia 8, às 21h30min, no ginásio da Vila Leopoldina.

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Leandro Vissotto, Lucão, Maurício Souza, Douglas, Lucarelli e Thales (líbero)
entraram: Eduardo Carisio, Lipe, Leandro Vissotto, Petrus e Renan
técnico: Renan Dal Zotto

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Perrin, Facundo Conte, Isac, Otávio e Lukinha (líbero)
entraram: Rodriguinho Leme e Luan
técnico: Marcelo Mendez

foto: Renato Antunes/Maxx Sports Brasil

Comentários