(Superliga) Apan/Blumenau supera Pacaembu/Ribeirão Preto e assume 5º lugar

No fechamento da 5ª rodada da Superliga 2019/2020, a Apan/Blumenau derrotou o Pacaembu/Ribeirão Preto por 3 sets a 0, parciais de 19/25, 22/25 e 17/25, na Cava do Bosque. Impondo um jogo de saque e bloqueio muito intenso, os catarinenses conseguiram neutralizar o sistema ofensivo do adversário desde o inicio da partida. Com o resultado, os comandados de André Donegá chegaram aos oito pontos e assumiram a 5ª colocação, enquanto o time paulista parou nos dois pontos e aparece na 11ª posição.

A partida começou com a Apan/Blumenau tendo uma boa sequência de Felipe Santos no saque e logo abrindo 0 a 4. Com o bloqueio sendo destaque, os visitantes fizeram 0 a 6, fazendo Marcos Pacheco trocar seu levantador (Pedro saiu e Luisinho entrou). Com dificuldade no passe, o Pacaembu/Ribeirão Preto viu o adversário manter a frente no placar: 4 a 10. Mesmo com os donos da casa tentando reagir, os catarinenses mantinham a tranquilidade e a vantagem: 9 a 15. Na bela bola de segunda de Felipe Santos, a Apan/Blumenau fazia 13 a 19, mas logo o time paulista conseguiu diminuir a diferença: 18 a 22, obrigando André Donegá a parar o jogo. No final, os visitantes fecharam em 19 a 25, após saque para fora de Rodrigo.

Diferente da parcial anterior, o segundo set foi bastante equilibrado, com as equipes trocando pontos, porém logo a Apan/Blumenau abriu vantagem mínima, com destaque para o bom trabalho de Felipe Santos e do oposto Franco. Os donos da casa tentavam reagir, mas tinham muitas dificuldades no passe, o que fazia o ataque ficar ‘previsível’. No final, vitória dos catarinenses por 22 a 25. No terceiro set, o Pacaembu/Ribeirão Preto, mesmo com a entrada de Rodrigo Ruiz e Gabriel, seguia tendo problemas no passe, o que facilitava a vida do adversário. Com certa tranquilidade, os comandados de André Donegá, com destaque para o central Ialisson, fecharam o duelo em 17 a 25.

“Essa foi uma vitória importantíssima para o nosso time. Hoje, a equipe se portou muito bem em todos os fundamentos. A virada de bola e o passe funcionaram bem e ajudaram muito. Foi uma partida quase perfeita. Oscilamos um pouco no primeiro set, mas soubemos administrar e ficar sempre a frente no placar no restante do jogo”, disse o central Ialisson.

“Tínhamos tudo para fazer um grande jogo hoje, mas nosso passe não saiu como o esperado e, sem passe, qualquer jogo fica muito complicado. Na quarta-feira temos mais um jogo em casa e temos que buscar o resultado de qualquer jeito. Sabemos que precisamos lutar muito, treinar mais, e colocar a cabeça no lugar porque a Superliga ainda é muito longa”, disse o líbero Serginho.


As duas equipes voltam a quadra nesta quarta-feira. A Apan/Blumenau estará no Rio de Janeiro para enfrentar o Sesc-RJ, ÀS 19h30min, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, enquanto o Pacaembu/Ribeirão Preto, no mesmo horário, receberá o América Vôlei, na Cava do Bosque.

Equipes:

Pacaembu/Ribeirão Preto: Pedro Telles, Kerber, Yago, Rodrigo Leandro, Wennder, Judson e Serginho (líbero)
entraram: Luisinho, Rodrigo Ruiz, Gabriel, Kerber e Biello
técnico: Marcos Pacheco

Apan/Blumenau: Felipe Santos, Franco, Iallisson, Babu, Ricardo Jr., Daniel Muniz e Filipinho (líbero)
entraram: Jamelão, Bernardo e Kelvin
técnico: André Donegá

foto: Rubens Okamoto/Pacaembu Vôlei Ribeirão

Comentários