(Mundial de Clubes) Sada/Cruzeiro é superado pelo Lube Civitanova

No segundo duelo pelo Mundial de Clubes, o Sada/Cruzeiro teve um confronto disputadíssimo contra o italiano Lube Civitanova, no ginásio Divino Braga, em Betim. Os brasileiros acabaram superados pelo time de Bruninho, Leal e Simon, que foram mais consistente no saque e bloqueio, para fechar em 3 sets a 0, com 25/23, 30/28, e 25/15. 

O jogo começou com muita pancadaria no saque, de ambos os lados, e os dois primeiros sets foram super disputados, com os italianos fechando na reta final com a diferença mínima. No terceiro set o Civitanova abriu vantagem com um pesado saque, e conseguiu definir a partida. Foram nove aces dos italianos, contra quatro dos cruzeirenses, enquanto no bloqueio o Lube marcou 10 e o time da casa fez três. Bieniek e Leal foram os maiores pontuadores do confronto, com 15 pontos cada. O cruzeirense Evandro fez 14. 

“Eu acho que a diferença foi no saque, principalmente. Em alguns momentos importantes dos primeiros dois sets nós estávamos jogando melhor do que eles, mas eles conseguiram alguns saques que fizeram a diferença em momentos cruciais. No terceiro set nós não conseguimos manter o nível, a cabeça e a concentração. Mas acho que fizemos um grande jogo nos dois primeiros sets e acho que podemos jogar ainda melhor. Ontem também jogamos muito bem e temos que preservar os pontos positivos. Temos mais um jogo importante amanhã, tem muita competição pela frente, semifinal, e não podemos ficar lamentando este resultado aqui. Temos que manter o que fizemos de muito bom nos dois primeiros sets, enfrentando um adversário que eu considero o melhor do mundo. Temos que preservar isso e vamos firmes para o que vem pela frente”, analisou o ponteiro Facundo Conte. 

“Fizemos um bom trabalho hoje, principalmente no primeiro e segundo sets. Infelizmente o terceiro não deu, mas não podemos desanimar, porque estamos fazendo um bom campeonato e podemos encontrar com eles novamente e com certeza o resultado pode ser outro”, avaliou o oposto Evandro. 

“O time do Sada/Cruzeiro não é tricampeão mundial à toa. Claro, mudaram algumas peças, mas segue muito forte e, jogando em casa, é muito forte. Hoje começamos errando um pouco, mas depois entramos no jogo, erramos menos e o nosso saque passou a entrar. Quando isso acontece, faz a diferença”, comentou o levantador Bruninho. 

Os cruzeirenses voltam a quadra nesta quinta-feira, às 20h30min, para enfrentar o Al-Rayyan, do Qatar. Antes, às 18h, Lube Civitanova e Zenit Kazan se enfrentam também no Divino Braga. 

Equipes:


Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Perrin, Facundo Conte, Isac, Otávio e Lukinha (líbero)
entraram: Cledenilson, Luan, Rodriguinho Leme e Filipe
técnico: Marcelo Mendez

Lube Civitanova: Bruninho, Rychlicki, Leal, Juantorena, Simon, Bieniek e Balaso (líbero)
entraram: Anzani e Kovar
técnico: Ferdinando De Giorgi

foto: Agência i7/ Sada Cruzeiro

Comentários