(Superliga) Sesi-SP e Pacaembu/Ribeirão Preto se enfrentam no domingo

Em jogo isolado no domingo, às 20h, pela 2ª rodada da Superliga 2019/2020, o Sesi-SP recebe o Pacaembu/Ribeirão Preto, no ginásio da Vila Leopoldina. Essa será a estreia do clube paulistano, que teve seu jogo contra o Ponta Grossa Vôlei adiado na 1ª rodada, enquanto a equipe comandada por Marcos Pacheco tenta se reabilitar após perder para o Sada/Cruzeiro. A partida terá transmissão da TV Cultura. 

Em sua 11ª participação em Superligas, o Sesi-SP chega querendo mais uma vez chegar a decisão e, consequentemente levar o título como fez na temporada 2010/2011. Para isso, o técnico Rubinho conta com vários talentos oriundos da base, como os ponteiros Victor Birigui e Fábio, o central Barreto e o líbero Douglas Pureza, além dos craques Murilo, Éder e William e dos selecionáveis Alan e Lucas Lóh. 

“Essa mescla tem sido uma coisa muito boa para nossa equipe. Temos uma parte do grupo na casa dos quarenta anos e a garotada vem com metade disso. Vamos conseguir passar bastante coisa para eles aproveitando o vigor físico e a juventude que eles trazem no dia a dia e que é importante para equipe. É logico que temos a atenção em balancear e controlar a ansiedade deles, mas a gente vem colhendo um bom resultado já”, comentou o líbero Murilo. 

“A expectativa da equipe para essa Superliga está bem grande e por isso temos que manter a atenção maior no adversário, ainda mais porque eles já estrearam na competição. A gente manteve a nossa base, então continuar jogando ao lado do Murilo, William, Éder, Lucas Lóh, é muito bom, dando tudo certo iremos brigar por mais uma final. Eu acredito que a minha passagem pela seleção neste ano foi um ganho não só para mim, mas para todos da equipe. Essa premiação dá uma motivação a mais, traz mais vontade de jogar e se reinventar cada vez mais dentro de quadra”, explicou o oposto Alan, MVP da Copa do Mundo. 

No Pacaembu/Ribeirão Preto, a derrota na estreia não pode ser considerada de toda ruim, ainda mais pelo bom desempenho durante os sets, principalmente no primeiro, quando jogou de igual para igual com o forte Sada/Cruzeiro. O técnico Marcos Pacheco sabe que este será mais um compromisso difícil para a sua equipe, mas demonstra otimismo depois de uma boa semana de treinamento. 

“Vai ser mais um jogo contra um adversário difícil, que foi montado com investimento, tem história, grandes jogadores e certamente com pretensões de buscar título. Mas, nós fizemos dois ótimos sets no primeiro jogo e a nossa meta amanhã é conseguir um equilíbrio. Que consigamos ser agressivos, esportivamente falando, e suportar e sustentar durante todo o jogo”, comentou o técnico Marcos Pacheco, que complementou. 

“Já tivemos mais uma semana de treino, temos a referência do primeiro jogo depois da chegada de alguns atletas e isso é muito importante. O Sesi-SP tem grandes jogadores, o Alan é um deles, foi muito bem na seleção, melhor jogador da Copa do Mundo e isso exige um nível de atenção muito grande contra eles”, concluiu Marcos Pacheco. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Barreto, Lucas Loh, Victor Birigui e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

Pacaembu/Ribeirão Preto: Pedro Telles, Caio Oliveira, Yago, Vitor Baesso, Wennder, Judson e Serginho (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

foto: Juliana Kageyama & Vôlei Ribeirão/Divulgação

Comentários