(Superliga) Sesc-RJ faz jogo seguro e derrota Fiat/Minas em Belo Horizonte

Em partida válida pela 5ª rodada da Superliga 2019/2020, o Sesc-RJ derrotou o Fiat/Minas por 3 sets a 0, parciais de 23/25, 16/25 e 21/25, na Arena Minas, em Belo Horizonte. O jogo iniciou equilibrado, mas logo a equipe carioca conseguiu impor seu jogo, com destaque para o oposto Wallace (maior pontuador da partida), e garantiu mais uma vitória. Com o resultado, os comandados de Giovane Gavio chegaram aos 13 pontos e seguem na 4ª colocação, enquanto os mineiros pararam nos seis pontos e caíram para a 6ª posição.

O Início de jogo foi muito equilibrado, com as duas equipes forçando bastante o saque. Mas o levantador Marlon conseguiu manter a velocidade do jogo, utilizando bastante as extremidades. O equilíbrio permaneceu durante quase toda a parcial, com o Minas liderando o placar. O Sesc RJ só assumiu a dianteira no 23º ponto com um ace de Marcão, que substituiu Martinez no fundamento (23-22). O Sesc-RJ chegou ao set point com um erro de Honorato e fechou a parcial em 25-23 com Mauricio Borges pontuando pela entrada de rede.

No segundo set o Sesc-RJ começou melhor e jogando com mais tranquilidade se manteve sempre a frente. Além da eficiência de seus atacantes, a equipe carioca contou também com os erros mineiros para abrir 18 a 13. Marcão marcou novamente um ace para fazer 24 a 15 e o Sesc-RJ fechou em 25 a 16.

O equilíbrio voltou no terceiro set, mas o oposto Wallace seguiu fazendo a diferença para o Sesc-RJ. Após o 10º ponto, o time carioca passou a sacar melhor e aproveitar os contra-ataques. O jogo continuou funcionando pela entrada e saída de rede, e o Sesc-RJ abriu 15 a11. O Minas chegou a encostar duas vezes no placar (15 a 16 e 19 a 20), mas o Sesc-RJ retomou o controle da parcial. Novamente um ace, desta vez com Gustavão, garantiu o match point (24 a 20) e o Sesc fechou em 25 a 21.

“A regularidade do nosso time foi melhor hoje, embora ainda com alguns altos e baixos. No geral, o time fez um bom papel, sacou bem, especialmente a partir do segundo set, e isso facilitou a nossa vida. Estávamos vindo de duas derrotas, mas sabemos que não adianta ficar remoendo isso. O caminho é esse e ainda temos muito a melhorar”, afirmou o oposto Wallace.

“Nos perdemos um pouco no final do primeiro set depois de uma boa sequência e bom volume de jogo. Um deslize que gerou desconcentração. O jogo sempre é definido nos detalhes e toda bola é sempre importante. Tentamos reagir agora no terceiro set, mas não deu. Temos que seguir trabalhando. Ainda tem muito campeonato pela frente”, disse o líbero Maique.


O Sesc-RJ volta a quadra na próxima quarta-feira, às 19h30min, diante da Apan/Blumenau, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Já o Fiat/Minas só terá compromisso no sábado, dia 7, às 16h, contra o Sesi-SP, novamente na Arena Minas.

Equipes:

Fiat/Minas: Rodrigo Ribeiro, Davy, Lucas Ocampo, Honorato, Deivid, Matheus Pinta e Maique (líbero)
entraram: Lucas, Felipe Roque, Matheus Alejandro, Lazo e Bernardo
técnico: Nery Tambeiro

Sesc-RJ: Marlon, Wallace, Maurício Borges, Jan Martinez, Flávio, Gustavão e Alexandre (líbero)
entraram: Marcão, Daniel, Matias Sanches e Tiago Brendle
técnico: Giovane Gavio

foto: Orlando Bento/MTC

Comentários