(Superliga) Sada/Cruzeiro faz valer fator casa e vence Denk Maringá Vôlei

Jogando no ginásio do Riacho, em Contagem, o Sada/Cruzeiro foi para cima e venceu o Denk Maringá Vôlei por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/20, 26/28 e 25/18, pela 4ª rodada da Superliga 2019/2020. Mesmo com sets apertados, o time mineiro conseguiu controlar boa parte da partida, graças ao bom desempenho do ponteiro Facundo Conte. O time paranaense buscou uma reação no terceiro set, mas a forte pressão cruzeirense acabou falando mais alto para fechar o confronto. 

O primeiro set iniciou com o Denk Maringá Vôlei apostando no saque forçado para equilibrar as ações: 8 a 7. Com a presença do ‘desafio’ o que se viu foram as duas equipes pedindo bastante o sistema em lances duvidosos e o jogo seguindo parelho: 16 a 15. Na reta final da parcial, o Sada/Cruzeiro conseguiu abrir quatro pontos de diferença: 22 a 18 e no ataque de Evandro, o time celeste fechou em 25 a 21.

No segundo set, o Sada/Cruzeiro foi para cima e abriu 3 a 0, sendo que o bom ritmo de saque e contra-ataques fez a equipe abrir 10 a 6. Os comandados de Alessandro Fadul tentavam reagir, mas paravam no bom volume de jogo apresentado pelo time mineiro, que ia mantendo uma boa vantagem: 19 a 14. No final da parcial, o Sada/Cruzeiro fez 25 a 20, após erro de saque do ponteiro Alê.

A terceira parcial começou bem equilibrada, com as equipes forçando o saque, e errando muito também: 5 a 5. O Denk Maringá Vôlei chegou a abrir dois pontos de diferença: 7 a 9, mas logo o Sada/Cruzeiro deixou tudo igual: 13 a 13. Com o levantador Everaldo buscando alternativas para quebrar o bloqueio adversário, os paranaenses aproveitaram para vencer o set em 26 a 28, após bloqueio de Victor Hugo sobre Isac.

O técnico Marcelo Mendez resolveu tirar Fernando Cachopa da partida para a entrada de Rodriguinho Leme, e com bom trabalho de distribuição ajudou o time celestes a abrir 9 a 7 no inicio do quarto set. O saque dos mineiros entrava com qualidade e os constantes erros do Denk Maringá Vôlei fizeram o placar ir para 19 a 14. No final, o ponteiro Facundo Conte chamou a responsabilidade para ele e ajudou o Sada/Cruzeiro a fechar o duelo em 25 a 18.

“Neste começo de temporada a equipe ainda vem oscilando um pouco dentro da Superliga. Às vezes jogamos muito bem e às vezes um pouco abaixo. E no Mundial nós não vamos poder fazer isso, porque são times muito fortes do lado de lá. Então nós vamos ter que manter um nível 100%, senão vai ser difícil. Então estes últimos jogos são muito importantes pra gente. Faltam ainda 10 dias, mas aos poucos o time vai entrando nos eixos. Hoje eu entrei, ajudei e acho que esse é o meu papel. O momento é do Cachopa, que é um excelente levantador, e eu estou aqui pra ajudar”, avaliou o levantador  Rodriguinho.

“Todos têm que estar bem e à disposição do Marcelo, e hoje foi uma importante vitória. O time está tomando mais corpo agora, depois deste começo de temporada em que chegou todo mundo e os atletas que estavam na seleção. No Mundial vamos enfrentar três times com os melhores jogadores do mundo. Não vai ser fácil, mas é outro ambiente, outro campeonato, outro tipo de motivação. Acho que estas últimas partidas estão impulsionando a gente a chegar bem no torneio”, afirmou o oposto Luan.

“Foi a segunda partida onde nosso saque não funcionou. E hoje, além de uma produtividade baixa, cometemos muitos erros de saque e isso, sem dúvida, facilita para o Sada/Cruzeiro, que joga sem pressão. E nesse fundamento fomos abaixo do que podemos produzir. Temos uma sequência longa e um jogo difícil na próxima terça-feira contra o Fiat/Minas, onde precisamos ter um rendimento melhor do que o de hoje”, afirmou o técnico Alessandro Fadul.

O Sada/Cruzeiro volta a quadra na próxima quarta-feira, às 19h30min, diante do Sesc-RJ, em jogo adiantado da 7ª rodada, no ginásio do Riacho, em Contagem. Já o Denk Maringá Vôlei encara o Fiat/Minas, na próxima terça-feira, às 19h30min, na Arena Minas, em partida atrasada da 2ª rodada.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Perrin, Conte, Otávio, Isac e Lukinha (líbero)
entraram: Luan, Rodriguinho Leme e Filipe
técnico: Marcelo Mendez

Denk Maringá Vôlei: Everaldo, Alemão, Renato, Gabriel Franco, Victor Hugo, Gabriel Bertolini e Fabio Paes (líbero)
entraram: Juninho, Alê, Rômulo, Daniel, Lucas, Raphael e Lucas Ribeiro
técnico: Alessandro Fadul

foto: Agênciai7/Sada Cruzeiro

Comentários