(Superliga) Com autoridade, Sesi-SP vence América Vôlei na Vila Leopoldina

Fechando a 3ª rodada da Superliga 2019/2020, o Sesi-SP derrotou o América Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/13, 25/18 e 25/17, no ginásio da Vila Leopoldina. Mostrando todo seu potencial no saque e no side-out, o clube paulistano foi para cima desde o início e não deu chances para o time mineiro. Mesmo poupando alguns jogadores, Rubinho viu seu time manter o ritmo e manter o 100% de aproveitamento na competição.

Mesmo sem William e Murilo, poupados, o Sesi-SP iniciou o primeiro set pressionando o adversário, com boas distribuições do levantador Matheus Brasília: 7 a 5. O América Vôlei tentava forçar o saque para quebrar o passe adversário, porém errava demais e com boa passagem de Éder no saque, os donos da casa abriram 11 a 5. Essa vantagem foi fundamental para o domínio do Sesi-SP, que foi administrando e aproveitando os erros dos mineiros para fechar em 25/13.

No segundo set, o América Vôlei tentou impor um ritmo mais forte, trabalhando em cima do bloqueio adversário, porém o Sesi-SP mantinha um bom desempenho no saque e estava bem nos contra-ataques: 7 a 4.  A diferença no placar fazia com que o Sesi-SP jogasse mais tranquilo e na distribuição de Matheus Brasília, os atacantes fazia a ‘festa’: 14 a 9. Fábio, Lucas Lóh e Alan eram os mais acionados e no ataque de Éder, os donos da casa fecham em 25 a 18.

O terceiro set foi bem parecido com os anteriores, onde o América Vôlei tinha dificuldades no passe, já que o Sesi-SP estava com um desempenho muito bom, com destaque para o central Éder e o oposto Alan: 9 a 5. Os mineiros tentavam quebrar o passe adversário e explorar o bloqueio, mas seguiam errando demais e isso fez com que os comandados de Rubinho seguissem com boa vantagem: 14 a 9. No final, com grande tranquilidade, o Sesi-SP fechou o duelo em 25/17, no ataque de Daniel.

“Quando entramos em quadra esquece o que vem por fora e pensa em dar o melhor para a equipe. Felizmente conseguimos fazer um bom jogo, uma partida tranquila e a premiação foi consequência. Estamos ganhando intensidade nos treinamentos e isso se reflete nos jogos. Importante entrar focado e aplicando dentro de quadra”, opinou o levantador Matheus Brasília, que ainda falou sobre a evolução da equipe da partida de estreia para hoje.

“De lá para cá melhoramos os contra-ataque, que é importante. Estamos crescendo a cada treino. Sabemos que temos muito a evoluir, mas estamos no caminho certo”, complementou Matheus.

“Estamos com uma tabela muito difícil neste início, mas, mesmo quando jogarmos contra adversários diretos teremos jogos de alto nível. Essa é a cara da Superliga, sempre com jogos muito difíceis”, afirmou o técnico Henrique Furtado, lembrando que seu time enfrentou Sesc-RJ e Sada/Cruzeiro, além do Sesi-SP nesta noite.

O Sesi-SP volta à quadra no próximo domingo, às 20h, contra o Vôlei UM Itapetininga, novamente no ginásio da Vila Leopoldina. Já o América Vôlei vai encarar o EMS Taubaté/Funvic, neste sábado, às 18h30min, no Abaeté.

Equipes:

Sesi-SP: Matheus Brasília, Alan, Éder, Barreto, Lucas Loh, Fábio e Douglas Pureza (líbero)
entraram: Daniel e Paulo Carraro
técnico: Rubinho

América Vôlei: Rhendrick, Johansen, Pablo, Rammé, Lucas Fonseca, Renan e Lucas Bauer (líbero)
entraram: Kachel e Rafael Bairros
técnico: Henrique Furtado

foto: Divulgação

Comentários