(Superliga) Antes do Mundial, Sada/Cruzeiro perde para o Vôlei Renata em Betim

Na abertura da 5ª rodada da Superliga 2019/2020, o Vôlei Renata derrotou o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 25/20, 18/25, 25/15 e 16/18, no ginásio Divino Braga, em Betim. A partida foi bastante equilibrada, com exceção do quarto set, quando os mineiros ‘voaram em quadra’, mas o que se viu ou não (a TVN Sports teve problemas com a transmissão) foi um jogo disputado e decidido por quem teve mais tranquilidade. Com o resultado, a Raposa soma 15 pontos, enquanto os paulistas chegaram aos sete pontos. 

O Vôlei Renata logo saltou na frente do placar no começo da partida em ace de Luizinho (8 a 7). Os campineiros, mesmo pressionados, controlaram o marcador com bom aproveitamento na virada de bola (11 a 10). Com volume de jogo, a equipe visitante abriu a diferença após contra-ataques bem aproveitados por Vaccari e Renan (19 a 16). Os donos da casa tentaram reagir, mas o bloqueio campineiro funcionou bem, com Luís Fernando, e os paulistas saíram na frente: 25 a 23.

O bloqueio do Vôlei Renata começou fime também no segundo set. González e Luizinho, em sequência, pararam o ataque cruzeirense (7 a 7). Aos poucos, o Sada/Cruzeiro conseguiu aproveitar a sequência de erros do ataque campineiro e assumiu o controle da parcial (17 a 13). Mesmo com a sequência de aces de Vaccari no final, o Sada/Cruzeiro deixou tudo igual ao fazer 25 a 20.

O Vôlei Renata retomou o controle da partida no terceiro set. Mostrando sua principal característica, de volume de jogo e contra-ataque, os campineiros engataram boa sequência em passagem de González pelo saque (11 a 7). Os paulistas não diminuíram o ritmo e seguiram ampliando. Após rally, Luís Fernando rodou o braço no ataque e ampliou (16 a 10). Com a vantagem, Luizinho parou o ataque adversário em dois momentos (22 a 16 e 24 a 19). Desta forma, os comandados do técnico Horácio Dileo não tiveram problemas para fecharem a parcial por 25 a 19.

O quarto set foi completamente dominado pelos donos da casa. O Sada/Cruzeiro encaixou bem o saque e aproveitando os constantes erros do Vôlei Renata foi abrindo significativa vantagem no placar. O time de Campinas tentou reagir, com destaque para o oposto Renan no ataque, mas os mineiros tinham no oposto Evandro (23 pontos na partida) seu principal jogador, e fizeram 25 a 15, forçando o tie-break.

Na parcial de desempate, os donos da casa engataram boa sequência no saque e logo abriram vantagem, obrigando Horácio Dileo a pedir tempo (4 a 1). Lutando por cada bola, o Vôlei Renata se recuperou aos poucos. Em ace, Renan trouxe a diferença para apenas um ponto (6 a 5). No ataque, o oposto manteve o time campineiro na perseguição ao adversário durante toda parcial. Foi na reta final que o bloqueio apareceu e foi decisivo para a equipe paulista. Luizinho deixou tudo igual parando o ataque adversário (13 a 13) e Canuto deu a vantagem aos comandados do técnico Horácio Dileo em block (14 a 13). Os donos da casa conseguiram deixar o placar igual, mas erraram no momento decisivo e o Vôlei Renata confirmou a vitória fazendo 18 a 16.

“Lógico que a gente queria ter saído hoje com uma vitória daqui, mas fica como experiência pra gente, pra entrarmos mais focados ainda, e ter paciência, porque o Campinas jogou muito bem também. Temos que dar o mérito pra eles, defenderam muito bem e nós temos que ter paciência para jogar contra essas equipes”, afirmou O central Otávio.

“Acho que as duas equipes oscilaram muito hoje. No primeiro set começamos abaixo, o segundo jogamos bem, o terceiro foi ruim, o quarto muito bem e o tie-break foi decidido nos detalhes. A gente estava na frente, com duas, três bolas, e no final eles passaram. Nesta semana nós tivemos dois bons testes, contra o Sesc-RJ e agora contra o Vôlei Renata, e o mais importante é melhorar o nosso volume de jogo ao máximo, crescer como equipe, como conjunto. E os jogos difíceis nos forçam, nos obrigam a melhorar. Vamos com tudo para este Mundial, para fazer o nosso máximo”, avaliou o levantador Fernando Cachopa.

O Vôlei Renata volta a quadra na quarta-feira, às 18h, quando enfrenta o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina. Já o Sada/Cruzeiro dará um tempo na Superliga para se dedicar ao Mundial de Clubes, que começa na próxima terça-feira, em Betim.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Perrin, Conte, Otávio, Isac e Lukinha (líbero)
entraram: Luan, Rodriguinho Leme, Pingo e Filipe
técnico: Marcelo Mendez

Vôlei Renata: Demian Gonzalez, Renan, Vaccari, Luis Fernando, Michel, Luizinho e Bello (líbero)
entraram: Canuto, Melqui, Angellus e Paolinetti
técnico: Horacio Dileo

foto: agência i7/Sada Cruzeiro

Comentários