(Mineiro) Sada/Cruzeiro derrota Fiat Minas e atinge a marca de Decacampeão

Quem esteve presente no ginásio Divino Braga, em Betim, viu mais uma conquista do Sada/Cruzeiro. Na decisão do Campeonato Mineiro, a equipe comandada por Marcelo Mendez derrotou o Fiat/Minas por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/19, 25/19, conquistando assim uma marca impressionante: o décimo troféu consecutivo e o 11º de sua história no Estadual. 

A última partida do Campeonato Mineiro foi bem disputada no início do primeiro set. Com boas atuações no ataque, as equipes trocaram pontos até a reta final da parcial, quando o Sada esteve melhor em quadra e aproveitou os erros minastenistas para vencer por 25 a 19. O time cruzeirense manteve o ritmo forte no segundo set e abriu boa vantagem no placar. Aproveitando a instabilidade do Fiat/Minas, o Sada Cruzeiro soube administrar as ações do jogo para vencer mais uma parcial por 25 a 19. O time minastenista tentou reagir, e a partida ficou novamente equilibrada no início do terceiro set. Mas, ao longo da parcial, o Sada voltou a impor seu ritmo de jogo e disparou no placar. No fim, vitória para os cruzeirenses no set por 25 a 19. 

“O Sada marcou muito bem a nossa equipe. Eles também sacaram muito bem e nós não conseguimos segurar e trabalhar as bolas altas. Não soubemos também aproveitar os contra-ataques. Mas, a temporada é longa, nosso time tem que ter foco nos processos e acreditar no trabalho, tenho certeza que podemos chegar muito longe ainda. Está só no começo da temporada, o grupo é bom de trabalhar, são pessoas sensacionais, e temos muito para crescer. É trabalhar muito no dia a dia para chegar até onde a nossa equipe almeja”, afirmou o ponteiro Honorato. 

“A temporada é longa e demos um primeiro e importante passo para a nossa equipe ganhar moral e saber que está no caminho certo. E aos pouquinhos a gente vai crescendo, ganhando cara. Cada partida é um tijolinho que vamos colocando na construção da nossa casa e, pouco a pouco, colocamos muito bem os primeiros da temporada. Deixamos tudo em quadra, colocamos o coração, estudamos muito a equipe deles, mas acho que o principal foi olhar para o lado de cá. A maneira como a gente se portou do primeiro ao último ponto fez a diferença. Essa atitude que a gente impôs hoje que foi o mais importante”, comemorou o levantador Fernando Cachopa. 

“É boa demais essa sensação. É o meu primeiro Mineiro adulto. Estou muito feliz, depois de perder vários torneios para o Sada Cruzeiro e agora levantar esse título, com a camisa do meu time do coração. É muito orgulho e começar a temporada com o pé direito é muito importante. Temos que procurar evoluir cada vez”, contou o central Otávio, que depois de defender o Minas Tênis Clube por 10 anos e sair do estado para jogar pelo Taubaté, pela primeira vez o central Otávio pôde soltar o grito de campeão estadual. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Gord Perrin, Facundo Conte, Isac, Otávio e Lukinha (líbero)
entraram: Luan e Rodriguinho Leme
técnico: Marcelo Mendez

Fiat/Minas: Rodrigo Ribeiro, Davy, Honorato, Ocampo, Deivid, Matheus e Maique (líbero)
entraram: Westermann, Alejandro, Felipe Roque e Lazo
técnico: Nery Tambeiro

foto: Agência i7/Sada Cruzeiro

Comentários