(Mineiro) Fiat/Minas derrota Anápolis Vôlei e avança para a decisão

O Fiat/Minas está em mais uma final do Campeonato Mineiro. O time de Belo Horizonte garantiu a vaga na decisão após vencer o Anápolis Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/23 e 25/22, no ginásio Divino Braga, em Betim. Na final, que ocorre neste sábado, às 19h30min, no mesmo local, os comandados de Nery Tambeiro enfrentarão o Sada/Cruzeiro, que passou pelo o América Vôlei. 

O Fiat/Minas começou muito bem na partida. A equipe impôs o seu ritmo de jogo desde o início e se manteve à frente no placar na primeira parcial. O levantador Rodrigo fez boa distribuição de bola, deixando os atacantes minastenistas de frente para o bloqueio quebrado do Anápolis. Bem nas viradas de bola, a equipe aproveitou as chances e venceu o set por 25 a 18. 

O segundo set começou com muitos erros de saque dos dois lados e troca de pontos. A parcial foi mais equilibrada, sem grandes vantagens para um dos times. Os dois ataques trabalharam bem, com destaque para o ponteiro Honorato, do Fiat/Minas. O jogo seguiu bem disputado até o instante final, quando, em um forte ataque de Devid pelo meio, o time minastenista fechou a parcial em 25 a 23. 

Mais tranquilo em quadra, o Fiat/Minas começou o terceiro set já abrindo vantagem, e o técnico Ricardo Picinin, do Anápolis, parou o jogo. O time minastenista chegou a abrir seis pontos de frente, mas, com bom aproveitamento no bloqueio, o time adversário encostou no placar (14 a 13). A partir daí, o jogo seguiu equilibrado. O oposto Leandro teve boa atuação e dificultou para o bloqueio minastenista, mas não o suficiente para virar o placar. No fim, vitória do Fiat/Minas no set por 25 a 22, e no jogo por 3 a 0. 

“O nosso trabalho em grupo é muito forte. Estamos focados nisso, em ter união e fazer o melhor de cada um para ter um grupo forte. É isso que o Nery trabalha e que fazemos no dia a dia. Estudamos bem o time do Anápolis, sabíamos da qualidade da equipe, e conseguimos realizar o que foi pedido pelo Nery. Temos coisas para corrigir para a final, o tempo é curto, mas vamos para buscar o nosso melhor em quadra”, afirmou o levantador Rodrigo Ribeiro. 

foto: MTC/Divulgação

Comentários