Jonatas deixa o América Vôlei e deve acertar transferência para o voleibol árabe

Em meio a questões ligadas a salários atrasados, o ponteiro Jonatas se desligou do América Vôlei e tem proposta para atuar no voleibol árabe. Contratado nesta temporada pelo time mineiro, o jogador de 24 anos, cria do Olympico Club, terá mais uma experiência no exterior, pois já vestiu a camisa do Stade Poiteivin, da França, e do Panathinaikos, da Grécia. 

Durante a semana, a diretoria do América Vôlei divulgou uma nota oficial sobre sua atual condição financeira. No comunicado existe a explicação sobre o atraso dos pagamentos junto aos jogadores, ligada a Lei de Incentivo Federal, e também a informação de que os atletas estavam livres para procurar outra equipe, caso essa foi a preferência deles. 

“O América Vôlei, para estruturação e organização financeira nesta temporada 2019/2020, se organizou com o Projeto de Lei de Incentivo do Estado de Minas Gerais e com outros dois Projetos de Lei de Incentivo Esporte Federal, todos aprovados e com recursos captados já nas contas do projeto. Mesmo com os recursos para custeamento já disponíveis, infelizmente, no ultimo dia 6 deste mês, devido à negativa de alguns ajustes solicitados por nós, este terceiro projeto foi rejeitado pela comissão de avaliação da Lei de Incentivo Federal. Como resposta imediata, já preparamos o recurso para a próxima reunião, maçada para o final do mesmo, solicitando assim a liberação imediata para utilização dos valores captados”, disse a nota. 

Vale lembrar que os jogadores cedidos pelo Sada/Cruzeiro, em parceria com o América Vôlei, seguem recebendo normalmente, assim como a comissão técnica, que está emprestada pela Raposa. 

foto: Anápolis Vôlei/Divulgação

Comentários