EMS Taubaté/Funvic vira jogo sobre o Sada/Cruzeiro e é campeão da Supercopa

Em um confronto de grandes, o EMS Taubaté/Funvic virou o jogo e levou a melhor sobre o Sada/Cruzeiro garantindo o título da Supercopa 2019. A equipe paulista foi superada no primeiro set, mas fez 3 a 1, parciais de 21/25, 25/21, 25/16 e 25/18, na Arena Sabiazinho, em Uberlândia, e conquistou a medalha de ouro na competição que abre a temporada nacional de clubes do voleibol. 

O primeiro set começou com os dois times apostando no saque forçado e se alternando na liderança, sem nenhum dos lados abrir grande vantagem. O Sada/Cruzeiro conseguiu sacar melhor, complicando a recepção e o passe taubateano. O set seguiu com as duas equipes sacando forçado, o que resultou em muitos erros para ambos os lados. O Sada manteve o bom aproveitamento nos contra-ataques e fechou o set em 25 a 21. 

O segundo set novamente teve novamente as duas equipes apostando no saque forçado. O EMS Taubaté Funvic foi mais eficiente no serviço, errando menos e com a defesa e o bloqueio trabalhando bem. Com bom aproveitamento nos contra-ataques, o Taubaté se manteve à frente do placar em praticamente todo o período e fechou em 25 a 21, empatando o jogo. 

O terceiro set seguiu bem nervoso, como já havia acontecido no segundo set, com muitas reclamações e lances polêmicos. O EMS Taubaté Funvic sacou melhor, forçando mais erros do Sada Cruzeiro, e manteve o controle do período. Com ótimo aproveitamento dos ponteiros e do oposto Mohamed, os taubateanos foram soberanos e encaminharam a vitória com consistência para fechar por 25 a 16. 

No quarto set, o EMS Taubaté Funvic manteve o bom aproveitamento no saque, variando os serviço e forçando erros do Sada Cruzeiro. A equipe mineira não conseguiu equilibrar as ações, apesar de alguns lampejos de seus ponteiros. O time taubateano manteve o bom trabalho na defesa, virando bem os pontos e mostrando mais agressividade e volume de jogo. Sem grandes sustos, os taubateanos fecharam o quarto set em 25 a 18 com um erro de saque do adversário, vencendo o jogo por 3 sets a 1, de virada, conquistando assim pela primeira vez a taça da Supercopa. 

“No primeiro set, abrimos uma vantagem e depois começamos a errar bastante. Isso não pode acontecer e acabamos perdendo o primeiro set. Depois a rodada de bola de todos os atletas foi muito boa e isso facilita”, disse o ponteiro Lucarelli. 

“Estou muito feliz por todo o grupo, pelo time, pela cidade. É um orgulho enorme ter feito parte do crescimento dessa equipe, de toda a estrutura e a cada ano acompanhar o quão faminto de títulos é esse time, o quão importante é para a cidade o exemplo dos atletas. Para mim é um grande orgulho vencer por Taubaté e estar nesta sexta temporada ainda em busca de muitos títulos”, afirmou o levantador Raphael. 

“A equipe deles jogou melhor e damos parabéns a Taubaté, que hoje mostrou um voleibol superior ao nosso. Hoje foi um jogo preparatório para a Superliga e a nossa equipe está evoluindo aos poucos. Estamos todos juntos há cerca de duas semanas e o grupo tem muito a crescer e agora é trabalhar, já que o nível é cada vez mais alto”, concluiu o ponteiro celeste, Filipe. 

Equipes:


EMS Taubaté/Funvic: Raphael, Mohamed, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli, Douglas e Thales (líbero)
entraram: Carísio, Petrus, Lipe e Renan
técnico: Renan Dal Zotto

Sada/Cruzeiro:
Fernando, Evandro, Isac, Otávio, Perrin, Conte e Lukinha (líbero)
entraram: Oppenkoski, Rodriguinho, Filipe, Hugo e Cledenilson
técnico: Marcelo Mendez

foto: Daniel Nunes

Comentários

  1. No time do Taubaté só faltaram: Leal e Bruninho, para vermos a Seleção Brasileira em Quadra.
    Fora o Muhamed (Marroquino) que joga muitooooooo..."TAUBATÉ" - será o Campeão da SL
    2019/2020. - IMBATÍVEL!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário