(Paulista) Vôlei Renata vence EMS Taubaté/Funvic no primeiro duelo da decisão

O primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista – Divisão Especial foi sensacional. Com o ginásio Abaeté lotado, o Vôlei Renata teve grande atuação e venceu o EMS Taubaté/Funvic por 3 sets a 2, parciais de 25/23; 26/28; 25/22; 15/25 e 15/13, Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, às 21h30min, no ginásio do Taquaral, sendo que o time de Campinas precisa de uma vitória por qualquer placar para ficar com o título, enquanto a equipe do Vale do Paraíba precisa vencer para forçar um Golden Set. 

O Vôlei Renata começou o duelo focado e não desperdiçou as oportunidades que apareceram. Em dois contra-ataques pela ponta, o time campineiro assumiu a frente (5 a 4). Firme no saque, o time visitante foi colocando o adversário em dificuldade e ampliando o marcador (11 a 8). Os donos da casa foram buscar a diferença, mas a equipe comandada pelo técnico Horácio Dileo manteve a concentração e voltou a assumir a frente do placar em passagem de Michel pelo saque (21 a 20). Logo depois, foi a vez de Vaccari, no serviço, castigar o adversário e deixar os campineiros na boa para faturar a primeira parcial (24 a 22). Em erro de Taubaté, o Vôlei Renata fez 1 a 0: 25 a 23. 

O segundo set começou com bloqueio de Renan. O lance animou o Vôlei Renata, que manteve a concentração e logo assumiu o controle do placar (9 a 7). Em seguida, porém, os donos da casa equilibraram o duelo e a parcial seguiu assim. Michel bloqueou Lucarelli para colocar o time visitante na frente (16 a 15). Os dois times se revezaram na frente do placar até o final. No momento decisivo, os campineiros cometeram dois erros em sequência e Taubaté deixou tudo igual, fazendo 28 a 26. 

O Vôlei Renata teve que remar para conquistar a vitória no terceiro set. Os donos da casa abriram boa vantagem no início (8 a 5), mas os campineiros foram buscar a diferença com o sistema defensivo funcionando bem e gerando oportunidades para contra-ataques (12 a 12). Em passagem de Michel pelo saque, o time visitante abriu vantagem após dois bloqueios, primeiro de Renan, depois de Luizinho (14 a 12). Na frente, os comandados de Horácio Dileo superaram os momentos de adversidade com Michel e Renan na virada de bola (19 a 17). Em passagem de Vaccari pelo saque, o Vôlei Renata fez estrago novamente (22 a 18) e ficou na bola para fechar por 25 a 22. 

O quarto set começou com o EMS Taubaté/Funvic sacando melhor e impondo pressão sobre o Campinas. Logo nos primeiros pontos o time da casa abriu boa vantagem, e mesmo com o Vôlei Renata equilibrando as ações a partir da metade do set, o Taubaté conseguiu se manter à frente. Com o bloqueio trabalhando bem, a equipe da casa abriu vantagem e encaminhou a vitória com tranquilidade por 25 a 15, levando a decisão para o tie-break. 

O Vôlei Renata mostrou toda força do ataque para sair com o resultado. O time campineiro saiu do tiebreak com 91% de aproveitamento no fundamento para manter a parcial equilibrada. No meio da tensão do final do jogo, Canuto bloqueou o ataque de Taubaté e deu a vitória à equipe de Campinas: 15 a 13. 

“Enfrentamos um time qualificado, mas não perdemos o foco no jogo em nenhum momento, mesmo no quarto set, quando tivemos uma queda grande. Viemos com uma postura agressiva no saque e foi o que acabou fazendo a diferença. Agora é estudar bem durante a semana e nos prepararmos, pois teremos outra batalha. Precisamos ser equilibrados de novo”, comentou o técnico Horácio Dileo. 

“Nós sabíamos que ia ser um jogo bem difícil. O time do Vôlei Renata chegou à final com o melhor retrospecto deste campeonato, acabou a primeira fase invicto e está jogando muito bem. Agora teremos alguns dias para arrumar uma série de coisas, e tentar reverter esse placar lá em Campinas. Nosso time se reuniu de forma completa faz poucos dias, ainda não conseguimos treinar da maneira ideal, então teremos de superar isso. Teremos de melhorar um pouco de tudo, hoje pecamos em vários fundamentos que acabaram fazendo a diferença.”, comentou o treinador Renan Dal Zotto. 

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Lucão, Maurício Souza, Douglas Souza, Lucarelli, Mohamed Al Hachdadi e Thales (libero)
entraram: Lipe, Carísio, Fabiano, Petrus e Renan Bonora
técnico: Renan Dal Zotto

Vôlei Renata: González, Renan, Canuto, Vaccari, Michel, Luizinho e Bello (líbero)
entraram: Angellus, Paolinetti, Melqui e Luis Fernando
técnico: Horácio Dileo

foto: Renato Antunes / Maxx Sports

Comentários