(Paulista) EMS Taubaté/Funvic sai na frente na série diante do Vôlei Ribeirão

Mesmo jogando na Cava do Bosque, o EMS Taubaté/Funvic impôs seu jogo e venceu o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 26/24 e 25/22, no primeiro duelo das quartas de final do Campeonato Paulista – Divisão Especial. Com o resultado, o time do Vale do Paraíba abre 1 a 0 e com uma vitória na sexta-feira, às 20h, no Abaeté, garante vaga na semifinal. 

O primeiro set começou bem equilibrado, com as duas equipes errando pouco. O EMS Taubaté Funvic logo tomou o controle do jogo, impondo boas sequências de saque, com ótimo aproveitamento, forçando erros de recepção e passe do Vôlei Ribeirão. Com maior agressividade e errando pouco, o Taubaté venceu o primeiro set por 25 a 20. 

O segundo set começou com o Vôlei Ribeirão melhor, apostando no saque forçado e tentando impor pressão para equilibrar o jogo. Após um erro da arbitragem, os ânimos se exaltara, e após discussão o oposto Vissotto foi expulso. Mohamed Al Hachdadi entrou no jogo. O set seguiu equilibrado, e na reta final o Taubaté sacou melhor e fechou em 26 a 24. 

O terceiro set foi novamente de muito equilíbrio, assim como o segundo. O EMS Taubaté Funvic arriscou mais no saque forçado, e acabou dando mais pontos em erros para o Vôlei Ribeirão. O time da casa equilibrou as ações e não deixou o Taubaté abrir grande vantagem em nenhum momento. Mantendo bom aproveitamento no saque na reta final, os taubateanos venceram por 25 a 22. 

“Foi um grande resultado fora de casa, num jogo muito difícil. Fizemos um primeiro set ótimo, mas no segundo por um lance de arbitragem o time se descontrolou um pouco, dando espaço para o Ribeirão crescer. Nós conseguimos ter a paciência de retomar o jogo e buscar a virada e a vitória no set. O terceiro foi bom, a virada de bola, o bloqueio e o saque foram fundamentos que me agradaram bastante. A vitória foi importante, mais um passo dado e agora é buscar a classificação em Taubaté.", comentou o auxiliar técnico Maurício Thomas após a partida. 

foto: Rubens Okamoto/Vôlei Ribeirão

Comentários