(Paulista) Com virada história, EMS Taubaté/Funvic bate Sesi-SP e vai a final

A noite desta terça-feira foi de mais um confronto entre EMS Taubaté/Funvic e Sesi-SP que entrará para a história. No segundo duelo das semifinais do Campeonato Paulista, no ginásio da Vila Leopoldina, os comandados de Renan Dal Zotto perdiam por dois sets e conseguiram viraram o duelo para 3 sets a 2, parciais de 23/25, 19/25, 25/20, 25/20 e 15/11. Com isso forçaram o Golden Set e com direito a três aces de Lucarelli venceram por 25 a 17 se classificando para a decisão. 

O primeiro set começou com o Sesi-SP variando bem o saque e trabalhando bem nos contra-ataques. O EMS Taubaté/Funvic teve um começo de set nervoso e cometeu mais erros, demorando um pouco e entrar no jogo. A equipe taubateana buscou a reação melhorando o aproveitamento no saque, e tirou uma diferença que chegou a ser de 4 pontos, para empatar em 15 a 15. A partir daí o set seguiu equilibrado, e nos pontos finais o Taubaté errou menos e se manteve à frente, estando perto de fechar. Mas o Sesi-SP voltou a sacar bem, reagiu e buscou a virada, vencendo o primeiro set por 25 a 23. 

O segundo set começou com o Sesi-SP novamente forçando o saque. O EMS Taubaté Funvic respondeu variando bem o serviço e acionando seus ponteiros com eficiência. O técnico Renan Dal Zotto promoveu a entrada de Lucarelli no jogo. O Sesi-SP seguiu sacando melhor e bloqueando bem, abrindo vantagem de 6 pontos. O Taubaté cometeu muitos erros de saque e não conseguiu equilibrar as ações. O Sesi-SP venceu por 25 a 19. 

O terceiro set começou com o Taubaté melhor no saque e bem mais efetivo na defesa. Do início ao fim os taubateanos dominaram o jogo, impondo pressão e errando pouco. O Sesi-SP cometeu mais erros e não conseguiu acompanhar o ritmo do adversário. Com ótimo volume de passe e de ataque, o Taubaté venceu por 25 a 20. O quarto set foi novamente de domínio do Taubaté, que sacou melhor e conseguiu forçar muitos erros de recepção e passe do Sesi-SP. Com ótimo aproveitamento do bloqueio e dos ponteiros, os taubateanos impuseram novamente um ótimo volume de jogo e venceram com superioridade por 25 a 20, levando o jogo para o tie-break. 

O quinto set seguiu com o Taubaté sacando melhor e errando menos. Mais concentrado em quadra, os taubateanos variaram bem as jogadas e aproveitaram bem as bolas de contra-ataque. O Sesi-SP não conseguiu estar à frente do placar em nenhum momento, e viu a equipe visitante fechar o tie-break em 15 a 11, vencendo o jogo por 3 a 2 de virada e forçando o Golden Set. 

No set que decidiu a vaga na final, o Taubaté foi novamente superior. Apesar de ter saído atrás no placar, a equipe taubateana forçou bem o saque, com direito a três aces de Lucarelli, errou menos, foi mais eficiente na defesa e nos contra-ataques. Mostrando maior variedade de jogadas e melhor condição física após mais de duas horas e meia de jogo, o EMS Taubaté Funvic fechou o Golden set em 25 a 17, e irá pela sexta vez para a decisão do Estadual. 

“Tive um pouco de dificuldade para sacar no início de jogo, muito pela bola que é usada no Paulista ser diferente da que usamos nos jogos internacionais, isso faz muita diferença. Mas a partir do quarto set o meu saque começou a entrar legal e fui abençoado com boas sequências e aces. Acho que pude dar uma ajuda importante nessa vitória que nos dá muita moral para mais uma final. No começo do jogo estávamos um pouco dispersos, fora de ritmo, e sofrendo com a forte pressão que o SESI impôs. Mas depois encaixamos nosso jogo, o saque entrou e construímos essa linda vitória. Estão todos de parabéns”, comentou o ponteiro Lucarelli. 

O EMS Taubaté/Funvic vai enfrentar nas finais o Vôlei Renata, que eliminou o Vôlei UM Itapetininga nas semifinais. A primeira final será na próxima sexta-feira, às 21h30min, no ginásio do Abaeté, enquanto o segundo jogo será dia 31, às 21h30, no ginásio Taquaral. 

foto: Amanda Demétrio/Sesi-SP

Comentários