Em jogo bem disputado, Fiat/Minas vence o Bolívar Voley no tie-break

Em o jogo válido pela segunda rodada da fase classificatória do torneio Super 4 Internacional, realizado em homenagem ao aniversário de 60 anos do Club Olympic, o Fiat/Minas enfrentou o Bolívar Voley, da Argentina, e venceu por 3 sets a 2, parciais de 25/23, 29/27, 22/25, 18/25 e 15/13, em partida com boas viradas dos dois times. A equipe minastenista saiu na frente e abriu dois sets, mas o time argentino buscou o empate. No fim, mais consistente, o Fiat/Minas ficou com a vitória no tie-break. 

A partida entre os minastenistas e os argentinos do Bolívar era uma das mais aguardadas do torneio. Diante de um ginásio lotado, com a torcida dividida, as equipes fizeram bonito em um jogo bem disputado. O time argentino começou um pouco melhor e esteve em vantagem nos instantes iniciais, mas, com boas jogadas pelo meio, o Fiat/Minas assumiu a liderança e abriu vantagem (16 a 12). O time soube administrar até o fim e venceu o set por 25 a 23. 

Na segunda parcial, o jogo começou muito equilibrado e terminou de forma emocionante. A etapa seguiu com as equipes trocando pontos até na reta final, quando o Bolívar abriu 24 a 21. Sem se abater, o Fiat/Minas reagiu e empatou o jogo, levando para a vantagem mínima. No embalo da torcida, o time minastenista teve tranquilidade para definir as jogadas e venceu por 29 a 27. 

No terceiro e no quarto set, foi a vez da reação dos argentinos. Na terceira parcial, o time minastenista começou melhor, mas caiu de rendimento nas viradas de bolas e viu o adversário assumir a liderança e vencer por 25 a 22. O quarto set foi todo do Bolívar. Com muitos erros no início da etapa, o Fiat/Minas permitiu que o time adversário abrisse grande vantagem. Com tranquilidade, os argentinos controlaram o jogo, venceram por 25 a 18 e levaram a partida para o tie-break. 

O quinto e decisivo set foi em disputado, com as duas equipes brigando por cada ponto e vibrando muito. Pelo lado minastenista, o ponteiro Lucas Ocampo fez a diferença no ataque e deixou a equipe à frente no placar. No erro de saque de Leon, do Bolívar, o Fiat/Minas fechou o set em 15 a 13 e deu números finais ao jogo. 

“O diferencial do nosso time é o grupo, somos fortes por isso. Estamos acreditando cada vez mais nisso e estamos crescendo cada vez mais nesse sentido. A participação de todos é sempre muito importante. Tivemos altos e baixos no jogo de hoje e sabemos que precisamos melhorar no decorrer do campeonato e dos treinamentos. Mas é válido ressaltar a vitória, que hoje se deu pela força do grupo”, afirmou o levantador Rodrigo Ribeiro. 

O próximo jogo do Fiat/Minas será neste sábado, às 19h30min (horário de Brasília), contra os donos da casa, o Olympic. 

foto: Cristian Valenzuela/Chile

Comentários