(Copa do Mundo) Brasil estreia com vitória tranquila sobre o Canadá

O Brasil estreou, nesta terça-feira, na Copa do Mundo com vitória sobre o Canadá por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/22 e 25/14, na cidade de Nagano, no Japão. Esse foi o primeiro dos 11 jogos que a seleção comandada pelo técnico Renan Dal Zotto fará na competição, que se encerra no dia 15 de outubro, data da última partida. 

Nesta partida de estreia, o oposto Alan foi o maior pontuador do jogo, com 14 acertos (12 de ataque, um de bloqueio e um de saque). O ponteiro Lucarelli ainda marcou 11 vezes, sendo nove de ataque e dois de saque, e o também ponteiro, Leal, fez 10 pontos (oito de ataque, um de bloqueio e um de saque). 

“Foi uma vitória muito importante. O nosso time jogou muito bem. No segundo set aconteceu uma complicação um pouco maior, mas o grupo soube buscar, sacamos muito bem, e todos estão de parabéns. Sabemos que é só o começo, ainda temos mais 10 jogos pela frente, mas uma vitória é sempre importante”, disse Alan. 

“O mais importante na partida de hoje foi a postura do time do início até o final do jogo. Uma estreia é sempre complicada, ainda mais contra o Canadá, que tem um sistema de jogo bem interessante”, destacou o treinador Renan Dal Zotto, que ainda falou sobre o segundo set, o mais equilibrado da partida. 

“Eles nos colocaram em dificuldade no segundo set, principalmente na recepção, vieram arriscando bastante, mas tivemos maturidade suficiente para reverter o segundo set e depois o jogo fluiu muito bem, fomos agressivos o tempo todo e foi uma boa estreia”, concluiu o comandante da seleção brasileira. 

A Seleção Brasileira volta à quadra nesta quarta-feira, às 6h, quando terá a Austrália como adversário. O duelo terá transmissão ao vivo do SporTV 2. 

Equipes:

Brasil: Bruno, Alan, Lucão, Maurício Souza, Leal, Lucarelli e Thales (líbero)
entraram: Maurício Borges, Fernando Cachopa e Felipe Roque
técnico: Renan Dal Zotto

Canadá: Hoag, Maar, Verson-Evans, Berkel, Keaturakis, Szwarc e Darocco (líbero)
entraram: Marshall e Demyanenko
técnico: Daniel Lewis

foto: FIVB/Divulgação

Comentários