(Paulista) No tie-break, EMS Taubaté/Funvic ganha do Vôlei Itapetininga

Jogando no ginásio Ayrton Senna, o EMS Taubaté/Funvic venceu o Vôlei UM Itapetininga por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 25/19, 25/20, 16/25 e 15/10, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista – Divisão Especial. Com o resultado, o time do Vale do Paraíba chegue na liderança, agora com 11 pontos, enquanto os comandados de Peu Uehara aparecem na 4ª colocação, com cinco pontos. 

O primeiro set começou com o EMS Taubaté/Funvic melhor em quadra, encaixando bem o saque e impondo mais pressão sobre o Vôlei UM Itapetininga. O time taubateano teve bom aproveitamento nos contra-ataques, e permaneceu à frente no placar a maior parte do tempo. Na reta final do set o Itapetininga reagiu e conseguiu encaixar uma ótima sequência de saques, virando o jogo e vencendo por 25 a 23. 

O segundo set foi de superioridade do EMS Taubaté/Funvic, que manteve um bom aproveitamento no saque forçado dificultando bastante o trabalho de recepção e passe do Itapetininga. Bem concentrado em quadra, o time taubateano impôs um ritmo forte de jogo, não dando chances ao adversário e confirmou a vitória por 25 a 19, empatando a partida. 

O terceiro set foi novamente de maior domínio do EMS Taubaté/Funvic, que seguiu forçando bem o saque e com o bloqueio tendo ótimo aproveitamento. Os taubateanos abriram boa vantagem já no início do set e administraram para vencer por 25 a 20. 

O quarto set foi de reação do Vôlei UM Itapetininga, que impôs um jogo bem agressivo e contou com maior números de erros por parte do Taubaté. Trabalhando melhor as bolas de ataque, os donos da casa logo abriram vantagem e fecharam o set por 25 a 16, levando o jogo para o quinto e decisivo set. 

O tie-break foi bem disputado, seguindo a toada da partida. O Taubaté conseguiu impor um jogo de saque forçado com maior efetividade, errando menos e com a defesa trabalhando melhor. O time taubateano conseguiu se manter sempre à frente e fechou em 15 a 10. 

“Foi um jogo bem difícil, desde o primeiro set quando estávamos encaminhando a vitória e eles acabaram reagindo. O Itapetininga mostrou bastante confiança ao longo do jogo, os dois times tiveram seus altos e baixos, e no tie-break pesou a nossa qualidade e capacidade de lidar com os momentos de pressão. Valeu a vitória pela dificuldade que esse confronto nos impôs”, disse o oposto Leandro Vissotto. 

O EMS Taubaté/Funvic volta a quadra na próxima sexta-feira, às 20h, quando recebe o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, no ginásio do Abaeté. Já no sábado, às 19h, o Vôlei UM Itapetininga encara a Climed/Atibaia, no Elefantão. 

foto: Rafinha Oliveira/Maxx sports

Comentários