CBI- Superliga C: Análise do Grupo A

O Grupo A do Campeonato Brasileiro Interclubes – Superliga C apresenta cinco equipes de estados diferentes. As partidas serão realizadas no ginásio Newton de Faria, na cidade de Anápolis, em Goiás, com início no dia 28 de setembro e o seu término no dia 2 de outubro. Confira abaixo a análise do Espaço do Vôlei sobre os participantes desta chave. 

Anápolis Vôlei (GO) – Participante da edição passada da Superliga B, o time de Goiás resolveu utilizar seu próprio CNPJ (jogou por Monte Cristo na temporada anterior) e por isso disputará a Superliga C. Tendo o campeão olímpico Dante como um dos idealizadores do projeto, a equipe vem para o torneio com força, tendo investido em nomes conhecidos do grande público como o central Vini e o ponteiro Bruno Temponi. Além disso, está disputando o Campeonato Mineiro, o que garante mais entrosamento a equipe treinada por Ricardo Picinin. 

Cidade Viva Vôlei/LRV (MT) – A equipe da cidade de Lucas do Rio Verde vem a cada temporada se tornando a principal equipe do Mato Grosso. Em abril deste ano, o time treinado por Tereza Garcia venceu a etapa estadual dos Jogos Universitários, o que lhe garantiu um lugar na Conferência Central, onde terminou na 4ª colocação (representando a Faculdade La Salle), a frente, por exemplo, da UPIS (integrante da Superliga B). 

Paysandu (PA) - Um dos clubes mais tradicionais do Pará, o Paysandu Sport Club chega para a competição querendo remontar o seu voleibol profissional. Atualmente tem muita força na equipe máster e um time feminino expressivo no Estado, porém não vinha participante no adulto masculino, que neste ano teve uma disputa tensa entre os rivais Clube do Remo e Tuna Luso. Quem sabe a Superliga C não seja o início de algo maior para o Papão. 

ACEO Barreiras (BA) – Com o Vitória (grande vencedor do Estado, que não se inscreveu) e o Clube Bahiano de Tênis (não finalizou sua inscrição), a Associação de Cultura e Esporte do Oeste, da cidade de Barreiras, será a única representante da Bahia no CBI – Superliga C. Recentemente, a equipe baiana anunciou as chegadas de João Paulo, que estava no Palmas E.C. 

Sport Recife (PE) – Tricampeão da Copa Nordeste Brasileiro, o Sport chega a 2019 querendo dar um passo ainda maior, ou seja, o cenário nacional. Com grande incentivo na base, com categorias que inclui o Sub-16, a intenção do Leão é fazer com que seus jogadores ganhem experiência, e tenham condições de enfrentar equipes com jogadores profissionais e com passagens pela Superliga A. 

Confira a tabela:

28/09 (sábado)
14h - Paysandu x Sport Recife
17h - ACEO Barreiras x Cidade Viva Volei/LRV

29/09 (domingo)
14h – Paysandu x ACEO Barreiras
17h – Anápolis Vôlei x Cidade Viva Volei/LRV

30/09 (segunda-feira)
17h – Sport Recife x ACEO Barreiras
20h – Anápolis Vôlei x Paysandu

01/10 (terça-feira)
17h – Sport Recife x Cidade Viva Volei/LRV
20h – Anápolis Vôlei x ACEO Barreiras

02/10 (quarta-feira)
17h - Cidade Viva Volei/LRV x Paysandu
20h – Anápolis Vôlei x Sport Recife

foto: Divulgação

Comentários