(Pan/2019) Brasil bate o Chile e conquista a medalha de bronze

O Brasil é terceiro colocado nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. A Seleção Brasileira derrotou o Chile por 3 sets a 0, parciais de 25/12, 25/19 e 25/21, assegurando, assim, a medalha de bronze do campeonato que acontece no Peru. A medalha de ouro ficou com a Argentina (treinada por Horacio Dileo), que venceu Cuba na decisão. 

Para chegar a conquista da medalha, a equipe dirigida pelo técnico Marcelo Fronckowiak bateu o México por 3 sets a 1, depois venceu o próprio Chile pelo mesmo placar e passou pelos Estados Unidos por 3 a 2 na fase de classificação. Na semifinal, o Brasil acabou superado por Cuba por 3 a 0 e na sequência venceu o Chile na disputa de terceiro lugar. 

“Ficamos com um gostinho que poderíamos conquistar o ouro, mas infelizmente não veio. Trabalhamos bastante e fomos coroados com um bronze, que nos dá muito orgulho. Somos jovens, estamos começando a carreira, e, com certeza, ter uma medalha de Pan-Americano é muito importante para todos nós e para o Brasil”, disse o oposto Abouba. 

“O saldo é positivo. Estamos no pódio. É importante para o Brasil estar no pódio, e é importante para esses garotos saírem com uma vitória depois da frustração de ontem, quando Cuba mereceu o resultado. Temos muito a evoluir, mas estamos no caminho certo”, afirmou o técnico Marcelo Fronckowiak, que ainda falou sobre a satisfação de conduzir a seleção em uma edição de Jogos Pan-Americanos. 

“Estou contente, honrado em representar o meu país e ter tido a oportunidade de ajudar a fazer o voleibol brasileiro crescer”, concluiu o treinador. 

O time medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos é formado pelos levantadores Thiaguinho e Carísio; os opostos Aboubacar e Felipe Roque; os centrais Éder, Cledenilson e Matheus; os ponteiros Lucas Lóh, Kadu, Honorato e Rodriguinho, e o líbero Rogerinho. 

foto: Victor Calvo

Comentários