Com virada sensacional, Brasil bate Bulgária e assegura vaga em Tóquio/2020

No último jogo do Pré-Olímpico realizado em Varna, na Bulgária, a Seleção Brasileira venceu, de virada, os donos da casa por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 19/25, 32/30, 25/16 e 15/11 e carimbou seu passaporte para Tóquio/2020. Nos dois primeiros jogos, o Brasil havia vencido Porto Rico e Egito, ambos por 3 sets a 0 e neste domingo, o grupo brasileiro se superou, tendo o ponteiro Leal como maior pontuador do jogo, anotando 22 acertos. 

“Estou muito feliz. Foi um jogo difícil e sabíamos que seria assim. Enfrentamos dificuldades nos dois primeiros sets, mas a força do grupo provou que é possível. Conseguimos nos reerguer ao longo da partida e, juntos, além de trocas importantes feitas pelo Renan, conseguimos mudar o rumo da partida”, disse o ponteiro Leal, que também falou sobre o início da realização de uma meta pessoal.

“Nunca joguei uma Olimpíada e hoje consegui realizar a primeira parte do meu sonho. Conseguir essa vaga é o primeiro passo. Agora o pensamento já está totalmente voltado para Tóquio e espero estar lá junto com a seleção brasileira”, explicou Leal. 

“Tínhamos uma missão a ser cumprida e agradeço a cada um deles, não por hoje, mas pelo trabalho que foi feito ao longo da temporada, em todos os dias, a cada treino, viagem. Todos se entregaram ao máximo. Na vida, não há castigo, nem recompensa. Há merecimento. E hoje foi justo o Brasil sair com essa conquista. Esse era o nosso grande objetivo: buscar a vaga já neste primeiro momento”, disse o técnico Renan Dal Zotto. 

A Seleção Brasileira ainda tem outros dois compromissos nesta temporada: o Campeonato Sul-Americano, em setembro, no Chile, e a Copa do Mundo, em outubro, no Japão. 

foto: FIVB/Divulgação

Comentários